Inicio

Governador José Melo recebe medalha da Ordem do Mérito Judiciário do TRT

(FOTO: JOEL ARTHUS / SECOM)

O governador José Melo é condecorado com a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11). Durante a cerimônia em Manaus. (FOTO: JOEL ARTHUS / SECOM)

O governador José Melo foi condecorado com a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11). Durante a cerimônia, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (29), no Fórum Trabalhista de Manaus, também foram entregues 66 Certidões Negativas de Precatórios a entes públicos dos Estados do Amazonas e de Roraima.

A insígnia recebida pelo governador reconhece seus homenageados pela excepcional compostura profissional e técnica no desempenho de suas funções. Melo atribuiu a honraria ao trabalho desenvolvido por toda a sua equipe de governo. “Essa homenagem é para toda a estrutura e o esforço que o governo tem feito para manter o equilíbrio e a maquina pública funcionando mesmo durante o período de dificuldades que estamos enfrentando”, afirmou.

O governador ainda elogiou a iniciativa do tribunal em agilizar o acerto de contas com os débitos das esferas municipais e estaduais, o que resultou na emissão de mais de 60 Certidões Negativas de Precatórios e na capitação de aproximadamente R$ 30 milhões aos cofres públicos. O documento é um reconhecimento concedido pela Justiça do Trabalho do Amazonas aos entes públicos da administração pública direta e indireta que quitaram todos os seus débitos de precatórios de natureza alimentícia, referente ao exercício de até 2015.

Para presidente do TRT da 11ª região, desembargadora Maria das Graças Alecrim Marinho “a certificação é uma aliada do Programa de Conciliação em Precatórios para a elevação do percentual de entes públicos adimplentes, os quais passam a ser conhecidos e prestigiados não apenas pelo tribunal, mas por toda a sociedade”.

O evento encerrou a programação da 2ª Semana Regional de Conciliação nos Precatórios, realizada pelo TRT11 no período de 25 a 29 de abril. A ação teve como principal objetivo conscientizar administradores públicos quanto à necessidade de quitar o débito na execução trabalhista antes do término final do prazo para pagamento, evitando assim a inadimplência.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

 

Anúcios

Siga-me no Twitter

Social Counter

  • 3392 posts
  • 85 comments
  • 0 fans

Anúcios