Inicio

Cabo Maciel comemora saída da Ripasa e defende ticket alimentação

O encerramento do contrato do Governo do Estado com a empresa Ripasa Alimentos, que fornecia alimentação aos quartéis da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), foi comemorado nesta terça-feira (10) pelo representante da categoria na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Cabo Maciel (PR). Segundo ele, a categoria e as entidades de classe, não querem mais que uma empresa seja responsável pela alimentação dentro dos quartéis, e defendeu a adoção de ticket-alimentação.

Para o parlamentar, mesmo com uma empresa nova, a comida melhora no início, mas depois perde a qualidade. O deputado defende que a adoção do ticket alimentação é a melhor opção para os policiais, e que não haverá mais problemas, pois o policial irá receber esse valor no seu contracheque e comer no restaurante de sua escolha. “Ninguém aguenta mais Ripasa dentro dos quartéis”, afirmou Maciel, acrescentando que os presos em Manaus tem uma alimentação melhor que a dos policiais militares.

Sobre a Ripasa, Cabo Maciel lembrou que vem denunciando a empresa, da tribuna da Aleam, há mais de um ano, e já solicitou ao governo um estudo para substituir o fornecimento de comida pelo ticket-alimentação para os policiais militares. Como houve o encerramento do contrato da Ripasa, Cabo Maciel argumenta que é o momento de fazer a mudança.

“Estamos esperando que o governo se posicione a respeito da alimentação dos servidores da PM”, disse Cabo Maciel, que já teve uma reunião com o coronel PM Marcos Frota, o qual informou que haverá o atendimento emergencial de outra empresa por 60 dias, até que a situação seja regularizada. Para Maciel, esse período deveria ser aproveitado para a realização do estudo entre o comando da corporação e o governo, no sentido de fazer a implantação do ticket alimentação.

Por: Acessoria

 

Anúcios

Siga-me no Twitter

Social Counter

  • 3415 posts
  • 97 comments
  • 0 fans

Anúcios