Amazonas

Mais de 12 mil documentos já foram resgatados pelo projeto ‘Perdidos e Achados’

Mais de 12 mil documentos já foram resgatados pelo projeto ‘Perdidos e Achados’

Em menos de quatro anos, mais de 12 mil documentos de identificação perdidos pela população já foram recuperados pelo projeto “Documentos Perdidos e Achados”, criado pelo Governo do Amazonas e coordenado pela Ouvidoria Geral do Estado.

De acordo com o responsável pelo projeto, Joel Silva, uma média de 120 documentos chega à Ouvidoria todos os meses, através de seus postos de coleta. Atualmente, 725 documentos perdidos estão sob a guarda do órgão do Estado.

“Um dos objetivos da iniciativa é a minimização dos gastos do Estado com a emissão de segunda via de documentos. Em média, o Estado emite oito mil carteiras de identidade por mês, somente 1ª via, e três mil em segunda via”.

O projeto conta com a parceria do Tribunal de Justiça do Amazonas; Polícia Civil; Empresa de Processamento de Dados (Prodam); Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM); Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas).

Como funciona – O cidadão que encontrar um documento (RG, CPF, Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento, CNH, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, etc.) poderá entregá-lo em qualquer uma das unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) sem precisar se identificar.

Quando o documento é entregue em uma das unidades do PAC, um cadastro é disponibilizado no site da Ouvidoria Geral (ouvidoria.am.gov.br) para consulta, pelo período de 60 dias. A busca deve ser feita pelo nome do titular do documento. A consulta também pode ser feita por meio do Disk Cidadão, no número de telefone 0800 286 2300.

Caso não seja resgatado no período de 60 dias, o documento será devolvido ao órgão expedidor, explica Joel. “Quando esse documento perdido é entregue para cadastro no PAC, automaticamente a Ouvidoria envia um pedido de bloqueio ao órgão expedidor do mesmo, evitando risco de falsificação”, disse.

Resgate – Ao localizar o documento ou pelo site ou pelo Disk Cidadão, o titular deverá comparecer a uma das unidades informadas ou identificadas no site, onde preencherá um formulário e fará a retirada.

Locais:

Posto de Ouvidoria no PAC São José

End: Av. Cosme Ferreira, 4605- Uai Shopping  Bairro São José I

Posto de Ouvidoria no PAC Compensa

End: Av. Brasil, n°1325- Compensa I

Posto de Ouvidoria no PAC Galeria

End: Rua Miranda Leão, nº 327 – Centro

Posto de Ouvidoria no PAC Sumaúma

End: Av. Noel Nutels, nº1762 – Cidade Nova I

Posto de Ouvidoria no PAC Alvorada

End: Av. Desembargador João Machado, n°4.922 – Planalto/Alvorada

Posto de Ouvidoria no PAC Educandos

End:Av. Beira Mar, sem número – Educandos

Posto de Ouvidoria no PAC Leste

End: Av. Autaz Mirim, nº 288 – Tancredo Neves

Posto de Ouvidoria no PAC ViaNorte

End: Av. Arquiteto José Henrique Bento Rodrigues, nº 3.760 – Nova Cidade

Posto de Ouvidoria no PAC 10 MALL

End: Rua Lindon Johnson, nº 55 – Parque Dez

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Comentários

Comentários

Amazonas

More in Amazonas

Comandante do 4°BPM em Humaitá faz homenagens aos Policiais Militares da Reserva

Jornal de Humaitá20 de outubro de 2017

​Editora Leya Realiza evento em Manaus para debater Universos Literários

Jornal de Humaitá17 de outubro de 2017

Nova Aripuanã: Vereador é feito refém com a família e filho é ferido durante crime

Jornal de Humaitá14 de outubro de 2017

População obriga Piratas comerem lama após roubo

Jornal de Humaitá3 de outubro de 2017

Governador prestigia Festival Folclórico de Nova Olinda do Norte e visita obras no município

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Vereador denuncia atraso no pagamento do Tratamento Fora do Domicílio

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Comissão da Aleam aponta ‘vilões’ do entrave turístico de Manicoré 

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Dermilson Chagas discute demanda para o município de Borba

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Governador entrega trecho de 15 quilômetros da Rodovia Manoel Urbano e libera passagem de nível na Avenida das Torres

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017