Inicio

Motoristas e pedestres apoiam ações educativas de trânsito do Detran-AM

detram

FOTOS: DIVULGAÇÃO/DETRAN-AM

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) realizou na manhã desta quarta-feira, 25, blitz educativa nas avenidas Getúlio Vargas e Sete de Setembro, no centro de Manaus. Durante a ação, que faz parte da programação da campanha Maio Amarelo, foram distribuídos folders, cartilhas, lixeirinhas, adesivos e outros produtos promocionais da campanha, que esse ano ensina motoristas e pedestres, que segurança no trânsito, é uma questão de atitude.

Durante todo este mês de maio, o Detran-AM está realizando ações educativas nas ruas e avenidas, escolas, órgãos públicos, entidades e instituições parceiras, conscientizando sobre as boas praticas que podem contribuir para a redução de acidentes e para um trânsito seguro em qualquer situação.

As pessoas que passaram pelo local da blitz elogiaram a iniciativa do Detran-AM e reforçavam a importância da conscientização do motorista para evitar acidentes no trânsito. “É comum ver imprudência no trânsito, as pessoas estão sempre apressadas, estressadas e qualquer descuido você pode causar um acidente. Por isso é importante sempre lembrar o condutor de ter calma e atenção quando estiver dirigindo, afirmou o autônomo Fernando Costa.

Além das blitze educativas, o Detran-AM realiza diariamente fiscalização da Lei Seca em várias zonas da cidade. De acordo com o diretor-presidente do órgão estadual de trânsito, Leonel Feitoza, a presença dos agentes coibindo a embriaguez ao volante já começa a refletir na redução do número de acidentes.

Segundo Feitoza, em 2015, entre os meses de janeiro a abril foram registradas 110 vítimas fatais envolvidas em acidentes de trânsito. No mesmo período de 2016 foram 99 vítimas no Estado. Entre janeiro e abril de 2015 foram 3.162 vítimas lesionadas. No mesmo período deste ano, esse número caiu para 2.732.

“Embora a situação ainda seja preocupante, porque diariamente flagramos motoristas dirigindo alcoolizados e em alta velocidade, colocando em risco a própria vida e de outros, observamos que está em curso, embora lentamente, uma mudança de comportamento por parte de motoristas e pedestres”, avalia Feitoza.

Campanha internacional – O Movimento Maio Amarelo acontece no Brasil e em outros países, coordenado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a prática de boas ações na via pública, principalmente o respeito à legislação de trânsito. O movimento conta com a participação de 23 países e mais de 30 mil apoiadores cadastrados no site www.maioamarelo.com, além do engajamento de 700 organizações nacionais e estrangeiras.

O movimento está ligado à campanha da ONU chamada Década de Ação para a Segurança no Trânsito, para acontecer no período de 2011 a 2020, com base em um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontando 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países, em 2009. Nesses acidentes, 50 milhões de pessoas foram sequeladas.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.