Inicio

No retorno a Manaus, Michel Sassarito comemora vitória no Jungle Fight e mira conquista da cinta

Michel Sassarito comemora vitória no Jungle Fight.

Michel Sassarito comemora vitória no Jungle Fight. Foto: MAURO NETO

Depois da derrota sofrida no Jungle Figth 85 no início do ano, o lutador amazonense Michel Sassarito deu a volta por cima e conquistou a vitória na edição 86 do maior evento de MMA da América Latina.

A luta ocorreu na noite do último sábado, dia 30, em Palmas (TO). A consagração do lutador manauense veio ainda no primeiro round ao nocautear o brasiliense, Diogo Fofão. Sassarito chegou a Manaus na madrugada desta terça-feira, dia 3, e na tarde de hoje esteve na sede da Secretaria de Estado, de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), na Vila Olímpica de Manaus, no bairro Dom Pedro I, zona centro-oeste, para agradecer o apoio concedido pelo Governo do Amazonas, por intermédio da Sejel.

“Foi uma luta dura, valeu todo ‘camp’ que tive com a minha equipe. Fiz um bom trabalho e graças a Deus trouxe a vitória para o Amazonas. Estou muito feliz com o resultado, deu tudo certo”, disse o lutador, que com a vitória ainda se credenciou para disputar o cinturão dos leves (até 70kg), no próximo evento.

Sassarito espera disputar o cinturão, se possível, em Manaus mesmo e quer sair vitorioso diante da cidade que nasceu. “Quero sair vitorioso diante da minha cidade, da minha família e de toda minha equipe. E vamos pedir do Wallid (Ismail, presidente do Jungle Fight) para que esta disputa seja aqui”, declarou o lutador, que derrubou Fofão aos 4 minutos 58 segundos do primeiro round.

Quanto ao desafiante do cinturão dos leves, Sassarito não sabe quem será o oponente, mesmo assim, já vai dar início à preparação visando a conquista inédita da cinta do JFC. “Estamos tentando fechar a luta aqui em Manaus. Aqui o clima é diferente e se vir para Manaus, no mês de junho ou julho, dessa vez o cinturão será meu. Estou muito otimista para esta conquista. Vou saber se vai ser o Rander Junior, que me venceu, ou o Erick ‘Parrudo’. Acho que ele (Erick) ainda está se recuperando”, frisou o lutador.

Próximos desafios

Sem data, local e adversário definido, Sassarito poderá lutar o Rei da Selva no dia 21 deste mês. O lutador ainda espera a liberação dos treinadores. “Vou aguardar a resposta do mestre para saber se eu vou lutar ou não”, finalizou.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.