Inicio

ABANDONADOS PELO ESTADO!

Humaitá/AM – É redundante afirmar que o Governo Federal, através do DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, é o grande responsável pela construção, manutenção e operação da infraestrutura dos segmentos do Sistema Federal de Viação sob administração direta da União nos modais rodoviário, ferroviário e aquaviário.

Nesse sentido a Superintendência Regional do DNIT no Estado do Amazonas sabe ou deveria, conhecer todo sofrimento, aflição e o desgosto dos moradores ao longo da terceira rodovia do Brasil, com 4.233 km, BR 230 Transamazônica, ligando cidade portuária de Cabedelo na Paraíba ao município de Lábrea, no Amazonas. Para onde o governo repatriou milhares de pessoas com intuito de desenvolvimento social, e que agora, são ignorados e jogados ao relento, fazendo parte dos “esquecidos” pelo Estado.

Com o inverno surge as dificuldades para essas pessoas que vivem às margens da rodovia, bem como, em assentamentos do INCRA. No entanto, com a chegada do verão a inércia estatal do DNIT permanece deixando moradores indignados com o esquecimento dessa parte do país (retirada do mapa para ONGs e Ambientalistas).

Os moradores da BR 230 estão esperando a manutenção da rodovia pelas empresas e já ameaçam fazer manifestação para chamar à atenção sobre a problemática que aflige milhares de moradores, agricultores e extrativistas, para exigir o direito de ir e vir, bem como, o imediato reinicio das obras.

 

Fonte: Assessoria de Jornalismo

Manchete chuvas_3