Inicio

9º Campeonato Amazonense e 1º Grand Prix Norte de Esporte de Força acontecem neste domingo, dia 10

O auditório da Vila Olímpica de Manaus, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste, vai ser parada obrigatória para os superatletas. Isso porque, neste domingo, dia 10, acontece o Campeonato Amazonense e o Grand Prix Norte de Esporte de Força, a partir das 9h. As competições vão reunir os melhores atletas locais e do Norte do País, como Roraima e Pará. O evento recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

A expectativa da Federação Amazonense de Esporte de Força (Faef) é reunir em torno de 60 competidores, que além do primeiro lugar, estarão na briga por vagas no Campeonato Brasileiro e no Sul Americano. “Já se classificaram cinco atletas. Agora vamos esperar o final da competição aqui em Manaus para saber quantos atletas vão, em definitivo, para o Brasileiro e Sul-Americano, no dia 10 de setembro, no Rio Grande do Sul”, disse o presidente da Faef, Washington Silva, acreditando no aprimoramento dos atletas locais por conta da vinda de atletas de Boa Vista e Belém.

“É de uma enorme importância reunir os atletas da região Norte aqui em Manaus. É muito bom para os atletas daqui terem um intercâmbio com atletas do Pará e de Roraima e tenho certeza que vai ser um sucesso”, declarou Washington Silva.

Apresentação do homem mais forte do mundo

Antes dos atletas entrarem em ação, Washington, dono de 18 títulos brasileiros e 17 sul-americanos, promete mostrar porque ficou conhecido como o ‘homem mais forte’ depois de se sagrar bicampeão consecutivo do Campeonato Mundial de Levantamento Básico (powerlifting, em inglês), na Flórida (Estados Unidos) em 2015.

“É uma oportunidade de os atletas, que nunca me viram competir em um mundial, e acham que eu nunca atingi a marca de 330 quilos, saberem quem é o campeão mundial e o homem mais forte do mundo, além das pessoas que não me conhecem, que passarão a conhecer o meu trabalho”, declarou Washington, que promete repetir a marca de 322 quilos feitas no agachamento, no supino e terra no campeonato Sul-Americano.

FOTOS: MAURO NETO/SEJEL

 

Anúcios

Siga-me no Twitter

Social Counter

  • 3415 posts
  • 97 comments
  • 0 fans

Anúcios