Inicio

Agenda Cultural: Vendedores de sonhos.

Por muito tempo o ofício de vendedor, ou como eram chamados na época: mascates, cumpria uma função essencial para a humanidade, pois eram suas longas viagens que conectavam povos e cidades distantes. É recuperando essa ideia que o Coletivo Nopok traz a Manaus o espetáculo ‘Carrilhão’, com apresentações nos dias 3, 4 e 5 de agosto, montado pelo grupo do Rio de Janeiro em 2015, e que circula pelas cidades que recebem as Olimpíadas em 2016 por meio do prêmio ‘Funarte – Cena aberta de Circulação’, viabilizado pelo Ministério da Cultura.

O espetáculo trazido a Manaus fala dos mercadores de todos os tempos e lugares. Pontua o valor das trocas e dos encontros que se estabelece nas negociações. Mais do que o simples atoe de compra e venda, o ofício do mascate foi a conexão entre as pessoas, um espaço de construção de imaginário anterior à velocidade dos computadores e da energia elétrica. E é isso o que Carrilhão trará para as ruas da capital amazonense.

O Nopok foi criado em 2007 e é formado pela dupla Daniel Poittevin e Fernando Nicolini. O grupo se dedica a construção de uma linguagem própria dentro do universo do circo e da comicidade. Para Diego Batista, responsável pela produção local das apresentações, o grupo inova na forma com que mescla esses diversos elementos cênicos “Os recursos que o Daniel e o Fernando trazem à cena tornam-se mais ricos do que aparentam ao serem colocados em apresentações de rua, construindo uma dinâmica própria com o público presente”, pondera Diego.

A trajetória do Nopok evidencia aspectos centrais para a construção do seu repertório de espetáculos e números, como a mistura de linguagens e de habilidades, o contato direto com o espectador e a capacidade de adaptar-se a diferentes espaços e ocasiões. No Pocket – Um espetáculo para todos os bolsos (2009); Deslizes (2013); e Carrilhão (2015) são as montagens que fazem parte do repertório do grupo e que marcam diferentes momentos de sua trajetória,tanto em termos de investigação e pesquisa como em termos de gestão. Após a passagem por Manaus, o grupo segue ainda para Belo Horizonte (de 7 a 9 de agosto), Brasília (12 a 14 de agosto) e São Paulo (20 e 21 de agosto).

SERVIÇO

O quê: Espetáculo Carrilhão, do Coletivo Nopok

Quando: Dias 3, 4 e 5 de agosto

Quanto: Gratuito

Onde: 3/08 – 18h no Largo de São Sebastião, Centro

4/08 -19h Praça de Alimentação da Cidade Nova

5/08 – 19h Ponta Negra

Teaser do espetáculo: https://www.youtube.com/watch?v=OvHGjRTnQR4

SINOPSE

O espetáculo é uma fusão das linguagens do circo e do teatro. A dupla de artistas se desdobra entre diversos personagens e narrativas, trazendo alegorias de diferentes culturas e épocas. Alguns números circenses ganham destaque, como a Parada de Mão, o Rola

Rola e os Monociclos Altos. Senhoras e senhores cheguem mais perto! O Carrilhão está agora na sua cidade!

FICHA TÉCNICA

Direção e Dramaturgia: Daniela Carmona e

Adriano Basegio

Elenco: Fernando Nicolini e Daniel Poittevin

Figurino: Karla Tavares

Cenário e adereços: Raquel Theo

Cenotécnico: Diogo Magalhães

Costureira:Vicentina Mendes

Trilha Sonora: Alexis Graterol e Adriano Basegio

Operação de Som: Alexis Graterol

Designer Gráfico: Caco Chagas

Fotografia: Renato Mangolin

Projeto: Márcia Nunes e Coletivo Nopok

Produção: Márcia Nunes