Cidades

Aluno egresso de Mestrado da UEA lança Minidicionário Sateré Mawé em Libras e Língua Portuguesa

Aluno egresso de Mestrado da UEA lança Minidicionário Sateré Mawé em Libras e Língua Portuguesa
Geovanni

Minidicion_rioO aluno egresso do Programa de Pós-Graduação em Letras e Artes da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Marlon Jorge, realizará, às 18h da próxima sexta-feira, dia 29, o lançamento do Minidicionário Indígena Sateré Mawé em Libras e Língua Portuguesa. O lançamento será realizado no auditório anexo da Escola Normal Superior (ENS) situado no Shopping Cidade dos Carros, na avenida Djalma Batista, bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul de Manaus.

Em maio de 2015, Marlon que também é surdo, defendeu um dos trabalhos mais relevantes para a comunidade surda amazonense: a proposta de criação do minidicionário, após dois anos de pesquisa. Inicialmente a proposta visa atingir os indígenas da etnia Sateré Mawé que estão localizados no município de Parintins e adjacências.

O estudo foi realizado na microrregião de Parintins, que tem sede localizada a 369 quilômetros, em linha reta, de Manaus, englobando sete municípios onde Parintins é o polo. A escolha inicial pela região se deu na necessidade de estudar primeiramente os hábitos e as formas de comunicação dos indígenas surdos Sateré Mawé.

44902A pesquisa envolve a discussão sobre os sinais criados pela comunidade surda indígena. “Nas comunidades, eles já criaram, entre eles, alguns sinais, por exemplo, para dormir, casa, rede e etc, afirmou Marlon. O autor do estudo prevê a elaboração de mais pesquisas sobre indígenas na comunidade surda. “Precisamos de novos pesquisadores, aceitar a área de pesquisa para estimular a comunidade a aprender a língua de sinais. Quando cheguei a uma escola na cidade de Barreirinha (em linha reta, a 330 quilômetros de
Manaus e a 41 quilômetros de Parintins), por exemplo, falei que precisava do material para trabalhar com um aluno indígena que estava isolado. Vi que ele ficava isolado, na sala, fazendo desenhos enquanto poderia estar aprendendo”, disse.

FOTOS/REPRODUÇÃO: DIVULGAÇÃO/UEA

Comentários

Comentários

Cidades

More in Cidades

Nova coleta sorológica será realizada em rebanho de 12 municípios no Amazonas

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017
Foto: Chaguinha

Milhares comemoram aniversario de 148º anos de Humaitá (AM) com Antony & Gabriel

Jornal de Humaitá15 de maio de 2017

Amazonas se mobiliza para vacinar 900 mil pessoas

jornal de Humaitá14 de maio de 2017

Estudo que tem apoio da Fapeam utiliza resíduos de pirarucu na criação de ração para galinhas poedeiras

Jornal de Humaitá12 de maio de 2017

Seap e PM apreendem estoques e celulares durante revista no Ipat

Jornal de Humaitá11 de maio de 2017

Delegado de Autazes deflagra operação Interior Seguro e recaptura foragido da unidade policial

Jornal de Humaitá9 de maio de 2017

Alunos são dispensados por falta de merenda em escolas de Humaitá-AM

Jornal de Humaitá9 de maio de 2017

Delegação amazonense segue para Brasileiro Adulto de Levantamento de Peso, em Belo Horizonte

Jornal de Humaitá9 de maio de 2017

Prefeitura diz que “oposição não precisa plantar bananeira nas ruas de Lábrea-AM”

Jornal de Humaitá8 de maio de 2017
%d blogueiros gostam disto: