Cidades

Prodam adota horário flexível e motiva funcionários

Prodam adota horário flexível e motiva funcionários
Geovanni

prodam

FOTO: DIVULGAÇÃO/PRODAM

Trânsito engarrafado, banco lotado, consulta médica, levar os filhos à escola e várias outras tarefas demandam, diariamente, gasto de tempo e, em virtude disso, cada vez mais as empresas tem buscado formas de flexibilizar o horário de trabalho dos funcionários. A empresa de Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam) acaba de adotar a medida e já tem colhido os frutos da iniciativa com o aumento da produtividade e motivação dos colaboradores, que agora podem escolher o cumprimento da jornada de trabalho entre as 7h e 19h.

O diretor presidente da Prodam, Marcio Silva de Lira, destaca que medidas como esta são essenciais para incentivar e reter talentos na empresa. “Afinal, seja no atendimento ao cliente, na função administrativa ou no desenvolvimento de um produto, os colaboradores são fundamentais para o funcionamento e resultados da Prodam”, acrescenta.

O analista de TI, Islo Setubal, aponta que a flexibilidade trouxe maior qualidade de vida. “Agora não tenho aquela pressão e estresse, principalmente se eu ficar preso no trânsito ou acabar não conseguindo sair de casa a tempo para o horário de bater o cartão. Além disso, posso aproveitar melhor o horário de almoço com a minha família”, comenta o colaborador.

Já o programador Alessandro Marinho ressalta o aumento da produtividade e o empenho dos funcionários, que passaram a ter maior autonomia e tranquilidade com a rotina de trabalho. “Ficamos mais engajados e focados no que temos que cumprir”, disse.

O horário flexível foi implantando após projeto piloto, nos meses de maio e junho, com 22 funcionários. A partir dos resultados alcançados, a diretoria optou por ampliar o benefício aos demais colaboradores. “Temos tido um excelente feedback dos funcionários e isso mostra que a iniciativa veio para somar com o dia a dia dos funcionários”, analisa a supervisora de desempenho da Prodam, Socorro Nery.

A supervisora destaca ainda que o atendimento aos clientes internos e externos não foi alterado.  “Por mais que os colaboradores tenham liberdade para escolher o horário de trabalho, há uma coordenação dentro dos próprios setores que permite o funcionamento dos mesmos, não deixando de atender as demandas da empresa e dos clientes”, explicou Nery.

Sobre a PRODAM

A Prodam é uma sociedade de economia mista, de capital fechado, com controle acionário do Governo do Estado. A empresa, criada pela Lei Nº 941, de 10 de julho de 1970, armazena e administra os dados dos órgãos estaduais. Atualmente, a empresa encontra-se vinculada, administrativamente, à Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEPLANCTI), de acordo coma Lei 2.783/2003.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Comentários

Comentários

Cidades

More in Cidades

Nova coleta sorológica será realizada em rebanho de 12 municípios no Amazonas

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017
Foto: Chaguinha

Milhares comemoram aniversario de 148º anos de Humaitá (AM) com Antony & Gabriel

Jornal de Humaitá15 de maio de 2017

Amazonas se mobiliza para vacinar 900 mil pessoas

jornal de Humaitá14 de maio de 2017

Estudo que tem apoio da Fapeam utiliza resíduos de pirarucu na criação de ração para galinhas poedeiras

Jornal de Humaitá12 de maio de 2017

Seap e PM apreendem estoques e celulares durante revista no Ipat

Jornal de Humaitá11 de maio de 2017

Delegado de Autazes deflagra operação Interior Seguro e recaptura foragido da unidade policial

Jornal de Humaitá9 de maio de 2017

Alunos são dispensados por falta de merenda em escolas de Humaitá-AM

Jornal de Humaitá9 de maio de 2017

Delegação amazonense segue para Brasileiro Adulto de Levantamento de Peso, em Belo Horizonte

Jornal de Humaitá9 de maio de 2017

Prefeitura diz que “oposição não precisa plantar bananeira nas ruas de Lábrea-AM”

Jornal de Humaitá8 de maio de 2017
%d blogueiros gostam disto: