Opinião

Reflexão sobre sexualidade

Reflexão sobre sexualidade

Como psicólogo sou questionado sobre o comportamento humano e comumente se as crenças populares são verdadeiras. Dentre elas as referentes ao relacionamento amoroso e ao sexo estão entre as mais questionadas. Uma vez um jovem cliente me questionou o que ele poderia fazer para conquistar sexualmente sua namorada. Isto me motivou a fazer uma pequena pesquisa entre clientes e mulheres que participavam de grupos em quais coordenava e o questionamento era o que a deixava mais propícia ao sexo junto ao seu companheiro. Em resumo foi possível agrupar as respostas em três pontos:

A importância de detalhes carinhosos: Desejava sentir-se especial, a partir de pequenos cuidados durante o dia: um bilhete, uma mensagem, uma flor, um beijo ardente de bom dia, um abraço que a faça sentir-se viva, mostrasse que ela, entre milhares de outras, era a escolhida. E que esses mimos, fossem expostos de forma que a fizesse pensar com carinho no outro durante todo o dia.

Fundamental sentir-se escutada: poder falar dos seus projetos, do seu trabalho, dos seus estudos, saber que está sendo valorizada como pessoa. Perceber que o companheiro está também enxergando sua alma, seu conjunto de valores, conhecimentos e projetos que desenvolve no mundo. Que é considerada como mulher, como cidadã, com alguém que decide e é levada em consideração. Sentir que o companheiro tem orgulho dela.

Escutar coisas bonitas a seu respeito e que não sejam falsas. A mulher já é crítica e detalhista, não precisa alguém ficar apontando seus defeitos; por si só sabe distinguir e já se incomoda o suficiente para mais alguém apontar algum defeito. Mas quer sim escutar que é bonita, quer sentir que é atraente ao outro, que é desejada, que excita o outro. Porém quer saber isso através de atitudes, por carícia, por frases que a faça desejar continuar na relação. Quer ter confiança em si através do seu corpo, saber que o outro se excita como ela é. Que a faça ter certeza que essa relação vale a pena.

Tendo essas três coisas, o sexo vem naturalmente. Quem concorda compartilha, quem discorda deixe sua contribuição.

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

Comentários

Comentários

Opinião

More in Opinião

Pernambucanas apoia espetáculo “Rastros: movimento em cor”, do Instituto Olga Kos de Inclusão Social

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Aprenda a emagrecer

Jornal de Humaitá28 de setembro de 2017

Âncoras – gatilhos que controlam um estado emocional

jornal de Humaitá6 de setembro de 2017

Brasil: o país de operários.

jornal de Humaitá2 de setembro de 2017

Dicas da Psicologia para passar no vestibular

jornal de Humaitá1 de setembro de 2017

O que fazer para manter a dieta

Jornal de Humaitá19 de agosto de 2017

PSICOLOGIA AO SEU ALCANCE: Dieta a importância de se sentir acolhido

jornal de Humaitá14 de julho de 2017

Foco na dieta – Décima semana – Final

Jornal de Humaitá3 de julho de 2017

Foco na Dieta – Oitava Semana

Jornal de Humaitá18 de junho de 2017