Inicio

Cabo Maciel denuncia agressão a soldado PM que atuava como carcereiro

Ocupando a tribuna durante o Pequeno Expediente desta terça-feira (23), o deputado Cabo Maciel (PR) denunciou que o soldado PM Vanilson, foi agredido dentro da delegacia de Canutama (a 619 km de Manaus), por dois presos. Cabo Maciel contou que os dois detentos armaram uma cilada para o policial, com um deles fingindo estar passando mal, e quando o soldado foi prestar socorro, os dois o imobilizaram, desferiram golpes de faca em seu braço e fugiram levando a sua arma, uma pistola. Para o deputado, o policial militar foi atacado porque se encontrava em desvio de função, fazendo papel de carcereiro.

O deputado disse que “por sorte” a arma estava travada e os bandidos não souberam destravar a pistola que o policial estava usando. Tudo isso ocorre, segundo Maciel, pela falta de efetivo nas cidades do interior, onde não há agentes penitenciários, o efetivo da Polícia Civil é pequeno, e às vezes não existe, e o efetivo da PM também é muito pequeno.

“E não é somente em Canutama. Nós temos em muitos municípios do interior quatro a seis policiais fazendo segurança pública para, em média, 20 ou 30 mil habitantes. Por isso eu vou pedir providências ao Comando da PM para reforçar o efetivo em Canutama, e também olhar para os municípios que estão sofrendo com a bandidagem e o tráfico de drogas”, disse Maciel.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.