Inicio

Estamos 100% prontos, diz coordenador estadual do Comitê Manaus 2016

Com a entrega do conjunto de instalações na Arena da Amazônia e a ativação do Sistema Integrado de Comando e Controle de Segurança, o Governo do Amazonas cumpriu com todas as obrigações protocolares assumidas com o Comitê Rio 2016 na Matriz de Responsabilidade e no Caderno de Encargos para a realização das seis partidas do Torneio Olímpico de Futebol em Manaus. Com a chegada das delegações no último sábado, dia 30 de julho, a Operação Jogos Olímpicos Manaus 2016 já é realidade, envolvendo cerca de 50 órgãos que atuam integrados para garantir a segurança e a organização do evento.

Os jogos serão realizados em rodadas duplas nos dias 4, 7 e 9 de agosto, na Arena da Amazônia. Nesta quinta-feira (4) jogam Suécia x Colômbia, às 18h, e às 21h, Nigéria x Japão; domingo (7), às 18h tem Suécia x Nigéria e às 21h, Colômbia x Japão, ambos pelo torneio masculino; Na terça-feira (9), às 18h, será a rodada do torneio feminino entre Colômbia x Estados Unidos e, às 21h, África do Sul x Brasil.

De acordo com coordenador estadual do Comitê Manaus 2016, Mário Aufiero, com as entregas concluídas, na última quinta-feira, dia 28 de julho, o governo fechou o ciclo de planejamento e já está na execução da operação Jogos Olímpicos, com cerca de 5 mil servidores (apenas do Estado) das mais diversas áreas, envolvidos nas ações.

“O governador José Melo não mediu esforços por acreditar no retorno que a visibilidade dos Jogos Olímpicos proporciona. Apesar das limitações financeiras impostas pela crise econômica, conseguimos, com o trabalho integrado e a união de esforços de todas as secretarias e órgãos envolvidos, cumprir com aquilo que nos propusemos dentro do projeto olímpico. Podemos dizer hoje que estamos 100% prontos e passamos da parte de planejamento para a execução do evento propriamente dita”, afirmou Aufieiro.

Início das operações de segurança – Desde a última quarta-feira (27), o Sistema Integrado que reúne 50 órgãos das esferas estadual, municipal, federal e as Forças Armadas passou a operar em regime presencial no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), no Aleixo.

De acordo com o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, todas as forças de segurança estão empenhadas durante toda a operação. “Estamos agora com os três eixos de Inteligência, Defesa e Segurança, funcionando perfeitamente, com sua atuação prevista nos protocolos, então temos a confiança que o evento será de acordo com sua normalidade” disse o secretário.

Chegada das delegações – Desde sábado (30), com a chegada das delegações a Manaus, as forças de segurança passaram a aplicar os protocolos de segurança na escolta entre o aeroporto e o hotel e deste para os Centros Oficiais de Treinamento (COTs). A operação é feita pela Central de Escoltas, composta pelo Exército Brasileiro, Polícia Civil, Polícia Militar, Sistema de Atendimento Móvel de Emergência (SAMU), Corpo de Bombeiros e Manaustrans.

A chegada das delegações é monitorada em tempo real, desde a saída da cidade de origem até o desembarque em Manaus. “Nós acompanhamos o horário de saída, o tempo de viagem e a chegada até aqui na cidade, e, a partir daí, o sistema de escolta, atrelado ao comando e controle, com monitoramento, passa a estar focado nessa operação, para que possamos na saída do aeroporto, acompanhar toda a movimentação, chegando no Hotel e durante o deslocamento que serão feitos”, disse o secretário executivo adjunto de Planejamento e Gestão Integrada da SSP-AM , coronel Dan Câmara.

O sistema montado para os Jogos também inclui o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) que foca na segurança da cidade e os Centros Integrados das Instalações dos Jogos – hotel das delegações, Arena da Amazônia e os centros de treinamento da Colina, do Coroado e do Sesi, todos interligados e monitorados por câmeras. No CICC ainda funciona a central de atendimento às delegações estrangeiras e ao turista, com representantes da Polícia Federal, Amazonastur, Secretaria Adjunta de Gestão Integrada para Grandes Eventos (Seagi) e representantes de consulados ou das delegações.

“Todos os protocolos recebidos do Comitê Rio 2016 e da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça foram cumpridos e estão inseridos nos nossos planos integrados”, afirmou o secretário da Seagi, Dan Câmara, ao ressaltar que as ações vão englobar tanto as operações da Arena da Amazônia, quanto os eventos no Live Site (Ponta Negra) e demais pontos de aglomeração.

A operação inclui, ainda, a varredura e o “lacramento” dos Centros de Treinamento e do Hotel Tropical onde estão as delegações. A última varredura e lacramento será a da Arena da Amazônia, entre esta segunda-feira, 1º de agosto e o dia 4.

Ainda segundo Câmara, no dia de jogos, haverá a instalação do perímetro externo imediato de segurança a partir do meio dia com o isolamento da Arena da Amazônia. Moradores do entorno da arena foram credenciados para poder acessar as ruas dentro do perímetro de segurança.

Defesa Civil – Como parte das ações integradas de segurança, a Defesa Civil do Amazonas montou uma estratégia de atuação em caso de desastres tecnológicos e naturais, durante os jogos em Manaus. Ao lado da Defesa Civil de Manaus, a Defesa Civil AM disponibilizará 20 barracas de emergência para abrigar possíveis vítimas, duas viaturas e agentes do órgão, que estarão a postos no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no bairro do Aleixo e no Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICCL), instalado na Arena da Amazônia, nos dias 04, 07 e 09 de agosto.

Inundações bruscas, vendavais, ou qualquer tipo de atentado que afete a normalidade social da população, são alguns dos exemplos em que a Defesa Civil AM pode ser acionada, em havendo danos humanos e materiais e o esgotamento da capacidade de atendimento do município.

Outra atuação do órgão será em casos de acidentes químicos, bacteriológicos, radioativos e nucleares, que possam provocar a necessidade de isolamento de áreas e evacuação de pessoas de determinado local afetado por sinistro.

Ponto facultativo – Para os dias de jogos que acontecem durante a semana – quinta-feira (4) e terça-feira (9 de agosto) – O Governo do Amazonas decretou ponto facultativo a partir do meio dia. Órgãos inseridos no perímetro de segurança que compreendem as ruas interditadas nos dias jogos não funcionarão, com exceção dos serviços essenciais, como a Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT/HVD) que manterá o Pronto Atendimento funcionando 24 horas para os atendimentos de urgência. As ambulâncias terão acesso à unidade pela avenida Theomario Pinto da Costa até a avenida Pedro Teixeira, uma das avenidas interditadas.

Os atendimentos ambulatoriais, que são agendados, serão suspensos nos dias 4 e 9, sendo que no domingo segue a rotina normal sem atendimento. A FMT/HVD ainda vai abrigar o serviço de plantão da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam).

A Delegação Geral e o Instituto de Identificação, ambos dentro do perímetro de segurança, não funcionarão nos dias de jogos. Os serviços ofertados nesses órgãos, a exemplo da emissão de carteira de identidade, podem ser acessados em qualquer Distrito Integrado de Polícia (DIP), que vão funcionar normalmente, bem como o Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) que estarão abertos até o meio dia. Para quem vai participar dos eventos, haverá uma Delegacia de Grandes Eventos, na Arena da Amazônia, além de Delegacia do Turista no aeroporto e no Live Site da Ponta Negra.

Acessibilidade – A Arena da Amazônia está preparada para receber pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Prefeitura e Governo do Estado irão oferecer transporte especial até a arena para este público, por meio de uma parceria entre a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped). Os veículos especiais sairão da garagem da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) Em uma outra parceria da Seped com o Comitê Manaus 2016, a Ordem dos Advogados dos Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM) e o Instituto de Tecnologia Manaós (ITMBr), pessoas com deficiência têm à disposição o aplicativo móvel “Cidadão Olímpico” que oferece localização de áreas de acesso especiais na cidade e na Arena da Amazônia, além de denunciar violações de direitos legais. Dentre os serviços oferecidos pelo APP disponível no Google Play, estão guias de direitos e diretrizes, mapas específicos para PCDs, informações de acesso aos locais de partidas esportivas, além de um espaço para conhecer melhor seus direitos e realizar denúncias de casos que vão contra a legislação.

Voluntários – A Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (Aades) preparou cerca de 350 voluntários para atuar no entorno da Arena da Amazônia, Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e Lives Sites durante o Torneio Olímpico em Manaus. Eles vão complementar os serviços prestados pelos voluntários selecionados pelo Comitê Rio 2016, com atendimento ao turista e ao público que participa dos eventos.

Direitos do Consumidor – O Procon Amazonas fará ação intensiva com equipe de fiscalização no anel inferior e superior da arena da Amazônia quanto a violação dos direitos consumeristas. Haverá sala de apoio para receber, analisar, avaliar, apurar consultas e denúncias apresentadas por consumidores, entidades representativas ou pessoas jurídicas de direito público ou privado, além de prestar orientação permanente sobre seus direitos e garantias. O órgão atuará na fiscalização e aplicação de sanções administrativas previstas na Lei 8078/90 combinadas com as disposições do decreto federal Nº 2.181/97, bem como coordenar os fornecedores de produtos e prestadores de serviços, ou com suas entidades representativas, a adoção de normas coletivas de consumo.

Com a entrega do conjunto de instalações na Arena da Amazônia e a ativação do Sistema Integrado de Comando e Controle de Segurança, o Governo do Amazonas cumpriu com todas as obrigações protocolares assumidas com o Comitê Rio 2016 na Matriz de Responsabilidade e no Caderno de Encargos para a realização das seis partidas do Torneio Olímpico de Futebol em Manaus. Com a chegada das delegações no último sábado, dia 30 de julho, a Operação Jogos Olímpicos Manaus 2016 já é realidade, envolvendo cerca de 50 órgãos que atuam integrados para garantir a segurança e a organização do evento.

Os jogos serão realizados em rodadas duplas nos dias 4, 7 e 9 de agosto, na Arena da Amazônia. Nesta quinta-feira (4) jogam Suécia x Colômbia, às 18h, e às 21h, Nigéria x Japão; domingo (7), às 18h tem Suécia x Nigéria e às 21h, Colômbia x Japão, ambos pelo torneio masculino; Na terça-feira (9), às 18h, será a rodada do torneio feminino entre Colômbia x Estados Unidos e, às 21h, África do Sul x Brasil.

De acordo com coordenador estadual do Comitê Manaus 2016, Mário Aufiero, com as entregas concluídas, na última quinta-feira, dia 28 de julho, o governo fechou o ciclo de planejamento e já está na execução da operação Jogos Olímpicos, com cerca de 5 mil servidores (apenas do Estado) das mais diversas áreas, envolvidos nas ações. “O governador José Melo não mediu esforços por acreditar no retorno que a visibilidade dos Jogos Olímpicos proporciona. Apesar das limitações financeiras impostas pela crise econômica, conseguimos, com o trabalho integrado e a união de esforços de todas as secretarias e órgãos envolvidos, cumprir com aquilo que nos propusemos dentro do projeto olímpico. Podemos dizer hoje que estamos 100% prontos e passamos da parte de planejamento para a execução do evento propriamente dita”, afirmou Aufieiro.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.