Amazonas

‘Jogar em Manaus é importantíssimo para futebol feminino’, diz técnico da seleção brasileira de futebol

‘Jogar em Manaus é importantíssimo para futebol feminino’, diz técnico da seleção brasileira de futebol
Geovanni

Em Manaus para enfrentar a África do Sul pelo Torneio Olímpico de Futebol nesta terça-feira, 9 de agosto, a Seleção Brasileira Feminina teve treino reforçado no CT Carlos Zamit, na zona oeste da cidade, no fim da tarde desta segunda-feira, dia 8. Ainda decidindo sobre a composição que vai entrar em campo na Arena da Amazônia, o técnico da seleção, Vadão, fez o reconhecimento do campo, elogiou a qualidade do estádio e afirmou que jogar em Manaus é importantíssimo para o futebol feminino.

Ainda surpreso com as demonstrações de carinho e a grande torcida brasileira nos estádios, Vadão disse que encarou com bons olhos o anúncio do jogo na capital amazonense, na época do sorteio das chaves. “Quando saiu a tabela dos jogos e caiu Manaus no terceiro jogo, achei importantíssimo para o futebol feminino vir jogar aqui porque a resposta do campeonato Brasileiro foi o melhor público”, disse.

Em junho, a Arena da Amazônia quebrou recorde de público recebendo o maior número de torcedores para uma partida de futebol feminino. Pela Liga Nacional Sub 20, os times de Iranduba e Adeco-SP levaram um público de 17,3 mil pessoas. Para Vadão, é um termômetro de que a modalidade deve buscar novos caminhos para se desenvolver pelo país.

“Uma resposta muito positiva. Agora nós precisamos trabalhar melhor isso, divulgar melhor. Está centralizado mesmo no sul e sudeste o maior número de equipes e jogadores da seleção. Agora, temos a Micaele, que jogou no Iranduba e faz parte da nossa seleção de base e é daqui. Então, acho que temos que expandir isso. Mas a expansão se joga nas costas da Seleção, da medalha de ouro para expandir. Diferentemente do Brasil, a gente começa a casa pelo telhado “, comentou.

Vistoria – Vadão fez vistoria ao campo da Arena da Amazônia e elogiou o gramado. “A grama está baixa, que é a com que a gente está acostumado a jogar. Estamos adaptados e o gramado tá muito bom. Estão de parabéns”.

Classificada para a próxima fase do torneio olímpico de futebol, a Seleção Brasileira Feminina enfrenta a África do Sul com tranquilidade, mas com a missão de vencer e manter a primeira posição no grupo E. No treino, sem a presença de público, o clima era de descontração. O técnico evitou comparações com o time masculino e disse que não existe rivalidades e minimizou as comparações entre Marta e Neymar.

Com ingressos esgotados, o jogo entre Brasil e África do Sul acontecerá às 21h, na Arena da Amazônia.

FOTOS: JOEL ARTHUS/SE

Comentários

Comentários

Amazonas

More in Amazonas

PDT festeja 35 anos de história nesta quinta-feira

Jornal de Humaitá26 de maio de 2017

Alessandra Campêlo e Maria do Teixeirinha unidas por Canutama

Jornal de Humaitá26 de maio de 2017

Prevenção à intolerância é tema de Mesa Redonda na Aleam

Jornal de Humaitá23 de maio de 2017

Polícia apreende 20 kg de maconha do tipo skunk no bairro Glória

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Alessandra Campêlo articula reunião no Comando da PM para discutir promoções

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Universo infantil na música erudita está em ‘Canções de Ninar’, quarto espetáculo da série Recitais Ambev

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Empresas com IPVA em atraso são notificadas pela Sefaz

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Maués cria política inovadora para aumentar produção do guaraná

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017

Policiais militares de Boa Vista do Ramos detêm integrantes de bando criminoso

Jornal de Humaitá18 de maio de 2017
%d blogueiros gostam disto: