Inicio

LEI DO FAROL BAIXO – VER E SER VISTO

Lei que obriga o uso do farol baixo durante o dia nas rodovias completa um mês de vigência e PRF divulga balanço.

A exigência de uso do farol baixo durante o dia nas rodovias de todo o Brasil completou um mês nesta segunda-feira (8) e somente em rodovias federais foram mais de 124 mil flagrantes de desrespeito à legislação.

Contabilizando 124.180 autos de infração emitidos em todo o país, o balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) refere-se ao período de 8 de julho até 8 de agosto. O descumprimento da lei federal é considerado infração média, com quatro pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 85,13, que passará para R$ 130,16 em novembro próximo.

Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina foram os estados com mais flagrantes de motoristas conduzindo durante o dia com os faróis apagados:

Goiás – 14.683
Minas Gerais – 12.660
Paraná – 12.976
Rio de Janeiro – 11.100
Santa Catarina – 10.720
Rondônia – 1.818

RONDÔNIA – Durante o mesmo período (8 de julho a 8 de agosto), a Superintendência da PRF em Rondônia NÃO registrou acidente do tipo colisão frontal durante o dia e em pistas simples, número EXCELENTE comparado aos 6 registrados no mesmo período de 2015. Nos 6 acidentes ocorridos em 2015, houve o registro de 4 mortos e 6 pessoas que ficaram gravemente feridas.

Os números também apontam redução de 100% nos atropelamentos. Foram registrados em Rondônia 1 contra 2 no mesmo período do ano passado, considerando apenas os acidentes ocorridos durante o dia em rodovias federais. Nestes atropelamentos, não houve registro de óbitos tanto em 2015 como em 2016. Os feridos graves foram 2 em 2015 e ZERO de feridos graves em 2016.

BRASIL – Durante o mesmo período (8 de julho a 8 de agosto), a PRF registrou 117 acidentes do tipo colisão frontal durante o dia e em pistas simples, número 36% menor comparado aos 183 registrados no mesmo período de 2015. Nestes acidentes, 39 pessoas morreram e 67 ficaram gravemente feridas, números respectivamente 56% e 41% menores quando comparados ao mesmo período do ano passado em que houve 88 óbitos e 113 feridos graves.

Os números também apontam redução de 34% nos atropelamentos. Foram 86 contra 131 no mesmo período do ano passado, considerando apenas os acidentes ocorridos durante o dia em rodovias federais. Nestes atropelamentos, houve queda no número de mortos – 10 óbitos em 2016 e 16 em 2015 – e de feridos graves – 43 feridos graves em 2016 e 63 em 2015.

 

Anúcios

Siga-me no Twitter

Social Counter

  • 3423 posts
  • 97 comments
  • 0 fans

Anúcios