Inicio

Orquestra Barroca da UEA realiza Concertos gratuitos na Academia Amazonense de Letras

A Orquestra Barroca do Amazonas (OBA), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) inicia, a partir das 18h deste sábado, dia 8, uma série de concertos gratuitos na Academia Amazonense de Letras. O objetivo é investir na formação e qualificação de público, assim como apresentar autores e repertórios pouco conhecidos ou quase desconhecidos ao público. Será um concerto por mês e cada concerto terá um tema específico.

Ao longo da série serão abordados repertórios que dizem respeito a lugares, autores ou ambientes criativos específicos. Também a trajetória de um gênero, uma forma musical e mesmo de músicos em particular. A Academia Amazonense de Letras fica localizada na rua Ramos Ferreira, Nº 1003, Centro, zona Sul de Manaus.

Neste sábado, o tema será “A Música à volta da família Avondano”. Os Avondano foram músicos cuja trajetória começa na Itália e atravessa todo o século 18 à serviço da Orquestra da Real Câmara de Lisboa, agrupamento que vaio para o Brasil em 1808 com a família real portuguesa e passou desenvolver atividades aqui. Ao longo desse tempo houve compositores na família, mas também grandes intérpretes que inspiraram outros compositores a escreverem para eles, assim como estimularam a presença de músicos de grande qualidade para tocarem ao seu lado.

Sobre a OBA

A Orquestra Barroca do Amazonas surgiu na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e começou as atividades em 2009. O maestro Márcio Páscoa liderava desde 2005 um Laboratório de Musicologia e História Cultural (grupo de pesquisa reconhecido pelo CNPQ e certificado pela UEA) cuja pesquisa revelava antigas músicas luso-brasileiras.

A OBA se apresenta com  uma base de cordas (violinos, viola, violoncelos, contrabaixo), com flautas transversais e um rico naipe de instrumentos de baixo continuo: composto de cravo, órgão, alaúde e guitarra barroca (os instrumentos melódicos graves como o violoncelo e o contrabaixo também contribuem.