O Ministério Público do Amazonas pediu, nesta quinta-feira, a prisão preventiva do vice-prefeito de Manaus, Carlos Souza (PP), e do vereador Fausto Souza. Os políticos, que foram denunciados pelo crime de associação para o tráfico de drogas, são irmãos do deputado cassado Wallace Souza, que está preso sob suspeita de envolvimento em assassinatos no Estado.

Segundo o Ministério Público, Fausto Souza, Carlos Souza e a produtora Vanessa Lima, outra denunciada, utilizavam-se do programa de televisão Canal Livre, que era apresentado por Wallace, para obter informações privilegiadas sobre o funcionamento de bocas de fumo de traficantes concorrentes.

O MP afirma que o grupo planejava as reportagens com o objetivo de “prejudicar o comércio ilícito de drogas realizado por rivais, fazendo uso, nessas diligências, sob pretexto de estar combatendo o tráfico, do braço armado da organização criminosa, em especial dos policiais lotados no Departamento de Inteligência da Policia Militar do Amazonas”.

Ainda de acordo com a denúncia, a suposta quadrilha de tráfico de drogas foi descoberta após a apreensão de diversos armamentos e quantidades de cocaína com Moacir da Costa e Mário Sabóia de Albuquerque Neto. Durante as investigações, Moacir afirmou existir a organização criminosa, chefiada por Wallace Souza e por seu filho, Raphael de Souza.

Wallace foi cassado no dia 1º de outubro na Assembleia Legislativa do Amazonas. Ele foi acusado de encomendar mortes para mostrar em seu programa de TV.

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Brasil
Comments are closed.

Leia mais

‘DÃO’ é preso novamente por Tráfico de Drogas

Força Tática do 4ºBPM efetuou a detenção de PEDRO BRAGA RAMOS vulgo ‘DÃO’, …