Manaus – A Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), lançou o edital nº. 097/2010 referente ao Vestibular 2011, no qual são oferecidas 3.780 vagas para cursos de graduação em todo o Estado. As inscrições, no valor de R$ 30, podem ser realizadas até o dia 23 de dezembro, exclusivamente pelo endereço eletrônico http://www.vunesp.com.br/.
Do total de vagas ofertadas neste processo seletivo, serão 1.430 destinadas aos cursos ministrados na capital, 2.180 para as unidades localizadas nos municípios do interior – tais como Itacoatiara, Parintins, Tabatinga, Tefé, Coari, Lábrea, Manacapuru, Manicoré, Maués e São Gabriel da Cachoeira –, além de 170 vagas disponibilizadas para indígenas.

As inscrições para o vestibular serão efetivadas mediante preenchimento do questionário socioeconômico, da ficha de inscrição, impressão do boleto bancário e pagamento da taxa de inscrição, que pode ser efetuado em qualquer agência bancária. Da mesma forma como nos anos anteriores, ficam isentos do pagamento da taxa os candidatos que comprovem desemprego ou aqueles cuja renda mensal seja igual ou inferior a três salários mínimos.

O cartão de identificação dos candidatos que confirma a inscrição no concurso, bem como os locais e horários de aplicação das provas, também será obtido pelo site www.vunesp.com.br, a partir do dia 17 de janeiro do próximo ano.

O vestibular para ingresso nos cursos de nível superior da UEA será realizado em duas etapas, durante os dias 20 e 21 de fevereiro de 2011, respectivamente, sendo a primeira constituída de uma prova de conhecimentos gerais e a segunda de uma prova de conhecimentos específicos e redação.

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

MPT encontra indícios de demissão discriminatória por idade na Estácio de Sá

Levantamento feito em uma lista de 77,8% dos professores dispensados mostra que eles têm m…