Concurso público  preencherar 30 vagas na Defensoria Pública do Estado e outras 30 para o cadastro de reserva.

Humaitá-AM. O Governo do Amazonas vai realizar concurso público para preencher 30 vagas na Defensoria Pública do Estado e outras 30 para o cadastro de reserva. O edital deverá ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) até o final de fevereiro e a previsão é de que as provas ocorram em maio e as nomeações entre junho e julho deste ano.

Segundo o Defensor Público Geral do Estado do Amazonas, Tibiriçá Valério de Holanda, os aprovados terão nomeação imediata e atenderão prioritariamente os municípios que apresentam as maiores demandas, como Itacoatiara, Maués, Parintins, Tefé, Coari, Humaitá, Manicoré entre outras.

Nos municípios com menores demandas judiciais, Tibiriça Holanda adiantou que serão instituídas duas ou três equipes itinerantes de defensores. Naqueles locais onde não há necessidade de nomear um defensor, vamos trabalhar com a defensoria itinerante, coordenada por defensores públicos, disse. Na capital, 47 defensores atendem a demanda. Por enquanto, o contingente de defensores em Manaus é o necessário, assegurou.

Na próxima sexta-feira (11), haverá uma reunião para definir a comissão organizadora do concurso, que já havia sido anunciado pelo governador Omar Aziz no último dia 4 durante solenidade de posse de 15 novos procuradores na Procuradoria Geral do Estado (PGE). O defensor público é o advogado do mais humilde, da pessoa que não tem condições de pagar um bom advogado. Se colocarmos mais defensores, vamos estar ajudando essas pessoas, afirmou o governador.
Fonte: Agecom.

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

Festival paraense volta a Manaus na Arena da Amazônia

No início de março Manaus volta a ser palco do sucesso festival paraense que arrecadará o …