Brasil

Vestibular da UEA começa domingo para quase 40 mil inscritos

Vestibular da UEA começa domingo para quase 40 mil inscritos
Provas serão realizadas em todos os 62 municípios do Amazonas
UEA (Humaitá-AM)
Humaitá-Am. A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) realiza neste domingo, dia 20, e segunda-feira, 21, as provas do Vestibular 2010 (acesso 2011). É o maior vestibular realizado no Estado, com provas acontecendo simultaneamente em todos os 62 municípios para 39.329 inscritos. Estão sendo ofertadas 3.780 vagas em 30 cursos.
O governador Omar Aziz ressaltou a importância da presença da UEA em todo o Estado. “É a nossa maior garantia de futuro. Estamos formando os profissionais nas mais diversas áreas do conhecimento na capital e principalmente no interior, garantindo capital intelectual para pesquisa, ciência e tecnologia, sempre de olho no futuro e na nossa soberania econômica”. Omar lembra ser este o pensamento que embasa o sistema de cotas adotado pelo Governo do Estado, que garante 80% das vagas para estudantes de escolas do Amazonas e 50% das vagas dos cursos da área de saúde para estudantes do interior do Estado. A universidade oferece, ainda, 170 vagas exclusivas para indígenas.

Das vagas oferecidas no Vestibular da UEA, 1.430 são para candidatos da capital e 2.180 para o interior. Em Manaus, as provas serão realizadas em 40 escolas. Alguns municípios terão mais de um local de prova. É o caso de Parintins, Tefé e Itacoatiara, com o maior número de cursos depois de Manaus.

As provas iniciam às 13h, horário em que os portões serão fechados. A orientação da coordenação do Vestibular é para que os candidatos cheguem pelo menos uma hora antes do início. Os portões vão abrir às 12h. No domingo acontecem as provas de conhecimentos gerais e na segunda-feira a de conhecimentos específicos e a redação. Os candidatos terão quatro horas em cada dia para concluírem as provas.

Outra orientação é em relação aos documentos necessários na hora da prova. O candidato deve levar o cartão de confirmação, que pode ser acessado e impresso no site www.vunesp.com.br
ou ainda no link vestibular 2010 “cartão de confirmação”, no site da UEA, no www.uea.edu.br e um documento original de identidade com foto, que pode ser o RG, a Carteira de Trabalho ou carteira dos conselhos profissionais. A prova deve ser feita impreterivelmente com caneta esferográfica com tinta de cor azul ou preta.

A pró-reitora de Ensino e Graduação e coordenadora do vestibular, professora Elisabete Brocki, destaca que o candidato deve ficar atento para os dados dele no cartão de confirmação. “Se houver algum dado que não esteja de acordo com o que foi informado no ato da inscrição, o candidato deve procurar o fiscal da sala antes da prova iniciar para a necessária correção, que será efetuada em formulário próprio”, esclarece.

Para realizar o concurso e garantir que todos os amazonenses tenham acesso às provas, o Governo do Amazonas está gastando, em média, R$ 80 por aluno. Desse valor, R$ 30 é coberto pela taxa de inscrição, o restante subsidiado pelo Governo do Estado. A organização do concurso Vestibular da UEA é da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp).

Elisabete Brocki destaca que este é o décimo ano de funcionamento da UEA. “Continuamos o dinâmico processo de formação e desenvolvimento das sociedades interioranas e urbanas do Amazonas, oportunizando a todos o acesso ao ensino superior. Por isso o vestibular acontecerá em todos os 62 municípios do Estado”.

Sistema de Cotas – Amparada na Lei Estadual 2.894/2004, a UEA reserva 80% das vagas do Vestibular para candidatos que cursaram o Ensino Médio em escolas do Amazonas, sendo que 60% dessas vagas são para quem estudou em escola pública e o restante para candidatos remanescentes de escolas privadas. Os outros 20% ficam para candidatos de fora do Estado. Das vagas disponíveis nos cursos da Escola Superior de Ciências da Saúde (Medicina, Odontologia e Enfermagem) 50% são para alunos do interior. A UEA reserva, ainda 170 vagas para candidatos que comprovem pertencer a alguma etnia indígena.

Mais concorridos – A maior concorrência por vaga está no grupo de Medicina diurno para candidatos de fora do Estado, onde estão sendo oferecidas 12 vagas para 1.806 inscritos, o que dá uma média 150,5 candidatos por vaga. Já para os candidatos que cursaram o Ensino Médio no Amazonas são 29 vagas em Medicina diurno. Nesse grupo são 1.664 inscritos e uma média de 57,3 por vaga. Para quem é de fora e comprovou ter estudado até três séries em escolas do Estado são 19 vagas para 784 inscritos, média de 41,2 por vaga.

A concorrência é menor ainda nas vagas oferecidas exclusivamente para o interior. A proporção de candidatos inscritos em Medicina no Polo 09 (Tefé, Alvarães, Japurá, Juruá, Maraã, Uarini e Fonte Boa), por exemplo, é de 9 candidatos por vaga. Para poder concorrer, o aluno tem que comprovar ter estudado em escola da cidade por onde está se inscrevendo.

O curso de Direito noturno é o segundo mais disputado. São 119,3 candidatos por vaga. Administração noturno vem em terceiro, com 82,4 candidatos por vaga.

Sobre a UEA
A UEA completa 10 anos este ano. Possui 20.768 alunos matriculados em todos os municípios do Amazonas, passando para cerca de 24,5 mil após o ingresso dos 3,7 mil novos alunos no vestibular 2010/2011 . É uma Universidade multicampi com 5 Escolas Superiores em Manaus, 6 Centros de Estudos no interior e 1 na capital. No interior mantém 11 Núcleos, oferecendo 43 cursos de graduação. Mais da metade dos 1.129 professores são mestres e doutores. De 2005 a 2010 foram graduados 23.655 alunos. Desse total, 68% é do interior.

A UEA vem se consolidando nesses 10 anos. Está entre as melhores universidades do Brasil, de acordo com Avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade/2009). Dos quatro cursos avaliados, três – Administração, Direito e Turismo – tiveram conceito máximo 5, no Índice Geral de Cursos (IGC) e o quarto, Música, obteve conceito 3, o que elevou a nota geral da UEA para 4, a melhor colocação entre as 20 instituições de ensino superior avaliadas na Região Norte.

A UEA possui hoje 6 programas de pós-graduação próprios credenciados pela CAPES e 10 programas de Mestrado e Doutorado Interinstitucional em parceria com: UFRJ, UNICAMP, UNB, USP, entre outros. Além disso, também tem cerca de 60 cursos Lato Sensu. Já foram titulados 281 mestres e 10 doutores em programas próprios e 27 mestres e 2 doutores em programas interinstitucionais. Foram certificados 2.541 especialistas.

Agêcom – Agência de Comunicação do Amazonas

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas

Comentários

Comentários

Brasil

More in Brasil

Veja: Ainda dá tempo de ter o próprio negócio em 2017

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Urgente! Adolescente é apreendido suspeito de homicídio em Manicoré-AM

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

José Ricardo volta a cobrar instalação da CPI da Saúde

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Safra do guaraná em Maués (AM) já rendeu 200 toneladas

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Em Manicoré, menor de 15 anos é apreendido pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e ameaça

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Polícia Militar prende homem suspeito de trocar tiros com facção rival em tapauá

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

3 brasileiros morrem a cada 5 minutos nos hospitais por falhas

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Urgente! Ônibus de Apuí(AM) com destino a Porto Velho (RO) capota

Jornal de Humaitá22 22America/Manaus novembro 22America/Manaus 2017

PM prende homem acusado de Latrocínio em Manicoré

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017
Seja bem vindo.

Categorias

Arquivos

Copyright © 2017 Jornal de Humaitá