Romilson de Azevedo

Humaitá-AM. A vítima foi Juraci Querubin Pereira Machado, 71 anos, atingido por uma motocicleta marca BIZ, cor vermelha, na sexta-feira (29), quando atravessava a avenida Brasil, próximo a entrada para a escola Tancredo Neves, há poucos metros da casa dele. De acordo com o Boletim Único de Ocorrências (BUO) a moto que atingiu o idoso estava sendo conduzida por Renato Garcia Silva, 22 anos, morador do bairro Nossa Senhora do Carmo (Olaria), que depois do impacto, não prestou socorro, deixando para trás um carona, que permaneceu no local e esperou a chegada do socorro.


De acordo com informações do delegado da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Humaitá (8ª DRPC), Rafael Almeida Cró Brito, os elementos apurados a partir de uma testemunha que viu o imprevisto, indica que a moto que atingiu a vítima estava em alta velocidade e, arremessou o idoso cerca de dez metros de distância de onde aconteceu o choque. Conforme os dados passados pelo delegado na manhã de domigo (1º de Maio), o condutor da moto fugiu do local do acidente sem prestar socorro e com a intenção de sair do flagrante, deixando o carona para trás.

A vítima foi conduzida para o Hospital Regional de Humaitá com politraumatismo (perna, braço e cabeça) e, quando seguia em uma ambulância para a cidade de Porto Velho/RO, não resistiu aos ferimentos e faleceu em viagem.

Uma ação realizada por policiais da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (4ª CIPM) capturou Renato Silva, no sábado (30 de abril) nas proximidades de um bar na rua Municipal II, bairro São Francisco. O BUO relata que o acusado ainda tentou empreender fuga, mas, foi detido pelos PM’s e conduzido para a 8ª DRPC, onde até a manhã de domigo (1º/5) ainda se encontrava detido aguardando procedimentos da justiça local.

Em depoimento o condutor da moto disse que seguia em uma velocidade de aproximadamente 40 quilômetros por horas, quando se deparou com uma caçamba estacionada onde o motorista sinalizava com uma das mãos que teria pista livre para ultrapassar, e que ao transpor o veículo de grande porte atingiu a vítima. Cró Brito informou que o próprio acusado disse já ter respondido processo da mesma natureza na cidade de Porto Velho/RO, quando ainda era menor de idade.

O Dr. Cró Brito ressaltou que conforme o sentido atual das investigações o condutor da motocicleta poderá responder por homicídio, além de acrescentado o fator de o mesmo não possuir Carteira Nacional de Habilitação (HNB) e por ter deixado de prestar socorro à vítima (Art. 302 – parágrafo único, inciso I e II da lei 9.503 do Código de Trânsito Brasileiro). Até o fechamento dessa matéria Renato Garcia Silva, encontrava-se detido na 8ª DRPC com suas integridades físicas e moral preservada.

Redação: ocurumim.com.br.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Acidente
Comments are closed.

Leia mais

Festival paraense volta a Manaus na Arena da Amazônia

No início de março Manaus volta a ser palco do sucesso festival paraense que arrecadará o …