As principais conquistas da primeira década da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) farão parte da pauta desta quarta-feria (22), na Assembleia Legislativa do Amazonas em homenagem proposta pelo deputado Adjuto Afonso (PP) e aprovada por unanimidade para a plenária Ruy Araújo.

A solenidade, marcada para as 10h, deve reunir novos e antigos alunos da capital e do interior, além de ex-reitores e diretores das cinco Escolas Superiores de Manaus e dos seis Centros e dez Núcleos de Estudos Superiores do interior, uma estrutura que hoje abriga 22.526 alunos (13.349 deles do interior do estado) em 63 cursos (34 na capital e 29 no interior).
“A universidade, de fato, merece homenagens por ter tido a capacidade de distribuir a produção do conhecimento para localidades do interior onde as pessoas nem sequer sonhavam em concluir um curso superior. A universidade tem essa capacidade. E a UEA mudou as perspectivas de futuro dos amazonenses. Será uma honra estar à frente da UEA num momento tão importante”, afirma o reitor da UEA, professor José Aldemir de Oliveira. Segundo ele, a universidade pode e deve comemorar as conquistas do passado, mas com os olhos sempre no futuro.
Interior em tempo real
As unidades do interior não ficarão de fora da homenagem aos 10 anos da UEA e assistirão a solenidade ao vivo pelo sistema IPTV que, a partir de um sinal da internet e a ajuda de um satélite, transmite som e imagem para todas as localidades atendidas pela UEA.
O sistema IPTV é o mesmo que permite que as aulas produzidas em Manaus cheguem hoje a quase 5 mil estudantes do interior em tempo real, com a mesma qualidade de áudio e vídeo para todas as salas de aula da UEA, não importa a distância.
Conhecimento democratizado
Ao completar 10 anos de vida, a Universidade do Estado do Amazonas figura como uma das mais importantes ferramentas de desenvolvimento da região apoiada no princípio de que a Educação é o caminho mais seguro para o crescimento econômico e social sustentável.
Por isso mesmo, o Governo do Estado está investindo tanto em projetos que estimulem a produção do conhecimento criando oportunidades para que cada vez mais amazonenses tenham acesso a um curso superior.
Em dez anos, a UEA já formou quase 24.309 homens e mulheres em todo o estado. Pessoas que tiveram acesso a um curso superior e puderam estudar nos seus próprios municípios, perto de suas famílias, devolvendo todo o conhecimento adquirido para suas próprias comunidades impulsionando novas atividades econômicas e gerando trabalho e renda para as populações do interior.
A UEA cumpre, assim, seu papel político e social criando oportunidades para a promoção de um modelo de desenvolvimento sustentável, humano e solidário, fundamental para o Amazonas e para sua população.
Em 10 anos de vida, a Universidade do Estado do Amazonas aumentou em 370% o número de vagas em cursos regulares em todo o estado. Ampliou também a oferta de cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado e investe, a cada ano, mais recursos no incentivo à pesquisa e à promoção da ciência e da tecnologia.
Mas os esforços da UEA para democratizar o conhecimento estão voltados prioritariamente para a criação de todas as condições possíveis para facilitar a vida do estudante, dentro e fora da universidade.
O projeto de Apoio Estudantil prioriza o apoio integral às necessidades do estudante com programas como auxílio-moradia, vale transporte e alimentação. Somente em 2010, 387 estudantes foram beneficiados com o auxílio moradia em Casas do Estudante. Outros 320 alunos receberam auxílio transporte, além dos 511 beneficiados com o auxílio alimentação.
Uma das principais conquista em 2011 é a carteira do estudante. Muito mais que um documento de acesso, a carteira simboliza a identidade dos estudantes e o avanço de cada um deles ao cursar uma universidade, na capital e no interior.
A inauguração do Restaurante Universitário, em 2011, passa a beneficiar na primeira etapa mais de mil alunos de todas as unidades da capital com refeições ao preço de R$ 1,40, subsidiadas pela UEA. Essa economia vai permitir a vários estudantes a compra de livros e outros materiais de pesquisa, ajudando um melhor aproveitamento dos cursos.
O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.
Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

Yared defende livre circulação no trânsito para polícia municipal

O texto também prevê como infração grave estacionar o veículo onde houver acesso a ciclovi…