A interiorização do desenvolvimento econômico, com melhoria na infraestrutura dos municípios, é a principal meta do Plano Plurianual de investimentos do Governo do Amazonas para o período de 2012-2015. O plano está sendo elaborado por meio de uma pesquisa qualitativa que pretende identificar as principais demandas de investimentos dos municípios. A informação é do secretário de Estado de Planejamento, Marcelo Lima Filho, que participa, nesta segunda-feira, de encontro para discutir prioridades para o Plano Plurianual federal.

“Nos próximos anos, o Governo do Estado pretende ampliar a interiorização do desenvolvimento. Isso significa investir mais em infraestrutura e educação, por exemplo. Nós estamos fazendo uma pesquisa qualitativa em todo o Estado para entender as demandas. É uma forma de ouvir a sociedade. Até agora, quinze municípios já foram visitados por nossas equipes técnicas”, explicou o titular da Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Amazonas (Seplan).
De acordo com a secretária executiva de Orçamento da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Jória Oliveira, é a partir da identificação destas demandas que será definido o planejamento do Estado para os próximos quatro anos e onde o Governo vai investir.
Marcelo Lima e Jória Oliveira participam, nesta segunda-feira, da reunião promovida pelo Governo Federal, em Manaus, para discutir prioridades do Plano Plurianual federal. Participam do encontro secretários estaduais de planejamento, prefeitos de capitais e representantes de associações de municípios dos estados da região Norte. Entre as principais discussões está a necessidade do uma integração de ações entre os governos federal, estadual e municipal.
Erradicação da pobreza, melhoria da educação, saúde, segurança pública e infraestrutura são os principais eixos do plano do Governo Federal para investimentos no país. “A ideia é discutir com estados e municípios como que eles podem articular melhor os seus próprios planos com esse plano federal, integrando as ações. Facilita a visualização dos investimentos estaduais e federais para que alcancem os mesmos objetivos estratégicos”, disse a assessora especial da subchefia de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Paula Ravaneli.
A maioria dos programas federais, principalmente os ligados a área social, são feitos de maneira descentralizadas para estados e municípios, conforme Ravaneli. “É fundamental essa parceria porque os municípios e estados são as esferas de governo que conhecem melhor a realidade e podem executar os serviços públicos e as políticas públicas de forma mais adequada às necessidades de cada região”.
De acordo com Ravaneli, o objetivo dessa convergência orçamentária entre prefeituras, governos estaduais e federal é melhorar a qualidade do gasto em frentes como educação, saneamento e infraestrutura, por exemplo. “Há inúmeras demandas e os recursos são limitados”, acrescentou o secretário da Seplan.
Segundo Marcelo Lima, a reunião também é importante para que os estados apresentem demandas locais e exijam investimentos em áreas estratégicas. “O setor produtivo também clama por melhor infraestrutura logística, essa oportunidade de discussão do Plano Plurianual do Governo Federal é importante para que nós pleiteemos, por exemplo, mais portos, mais infraestrutura logística para o terminal do aeroporto Eduardo Gomes, de sorte a atender o crescimento da produção industrial”, defendeu.
A reunião do Plano Plurianual federal foi organizada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, em parceria com a subchefia de articulação federativa, da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, e o Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Planejamento (Conseplan). O plano será discutido em cada uma das cinco regiões. Semana passada, ocorreu o encontro com os estados da região do Nordeste, em Fortaleza. A próxima reunião será realizada no dia 8 de junho, em Brasília (DF).

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Check Also

O Natal, crise de ansiedade e depressão

Você sabia que aumenta a incidência de casos de crise de ansiedade ou mesmo de depressão c…