<p$1>BRASÍLIA (Reuters) – Alfredo Nascimento não resistiu às denúncias envolvendo o Ministério dos Transportes e deixou o cargo nesta quarta-feira, tornando-se o segundo ministro a deixar o governo em pouco mais de seis meses de mandato da presidente Dilma Rousseff.<p$1>
<p$1>Nota do Ministério dos Transportes afirma que Nascimento pediu demissão em “caráter irrevogável”.<p$1><p$1>”Nascimento também decidiu encaminhar requerimento à Procuradoria-Geral da República pedindo a abertura de investigação e autorizando a quebra dos seus sigilos bancário e fiscal”, diz a nota.
<p$1><p$1>(Reportagem de Hugo Bachega)
<p$1><p$1></p$1></p$1></p$1></p$1></p$1></p$1></p$1></p$1></p$1>

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Check Also

O Natal, crise de ansiedade e depressão

Você sabia que aumenta a incidência de casos de crise de ansiedade ou mesmo de depressão c…