A base fluvial, batizada com o nome do ex-vice-presidente José Alencar, terá um efetivo de 60 policiais, dos quais 30 serão incorporados com a finalização do concurso público da Polícia Militar
Manaus/AM. O Governo do Amazonas coloca em operação, nesta quinta-feira (28), a primeira base fluvial de embarcações do Estado sob o comando da Polícia Militar do Amazonas (PMAM). A base, que vai funcionar 24 horas como uma central para a organização das fiscalizações do Batalhão Ambiental da PMAM, contará com seis barcos tipo botes, que também foram entregues hoje pelo governador do Amazonas em exercício, José Melo. O complexo, que substitui a base improvisada do porto da Marina do Davi, em Manaus, será usado, principalmente, no policiamento em rios dos oito municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM).

A estrutura foi adquirida pelo Governo do Estado através de um convênio firmado com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), por meio do projeto Corredores Ecológicos, com recursos oriundos de investidores europeus e contrapartida de R$ 500 mil do governo amazonense. Ao todo, foram investidos R$ 1,6 milhão na aquisição da base fluvial e R$ 400 mil na compra dos seis botes. Há ainda outros R$ 1,7 milhão que estão sendo empregados na aquisição de equipamentos e na capacitação do efetivo ambiental.

De acordo com José Melo, o investimento é fundamental para garantir a política de sustentabilidade do Estado, preservando os recursos naturais e dando mais segurança à população que navega pelos rios. “Nós temos uma política de sustentabilidade ambiental forte e estamos equipando a nossa polícia ambiental para garantir que os nossos recursos naturais sejam preservados. À medida que for necessário, nós vamos aportando novos recursos para fortalecer esse trabalho”, destacou.

A base fluvial, batizada com o nome do ex-vice-presidente José Alencar, terá um efetivo de 60 policiais, dos quais 30 serão incorporados com a finalização do concurso público da Polícia Militar. A estrutura também pode ser levada a reboque para apoiar operações da PMAM em outros municípios do interior, em casos especiais. “A ideia é que essa estrutura fique funcionando fixamente próximo a ponte sobre o Rio Negro, mas ainda estamos definindo o ponto exato. Por enquanto, ela ficará na Marina do Davi”, disse o comandante geral da PMAM, Coronel Almir David.

Além da patrulha ambiental, a base irá atender outras demandas de segurança pública nos rios dos municípios da região metropolitana. “Era a estrutura que estávamos aguardando. Ela é totalmente preparada para recepcionar as atividades de policiamento fluvial e crimes de outras vertentes”, frisou o comandante da Companhia Fluvial da PM Ambiental, tenente Bruno Pereira.

Dos seis botes entregues, três são específicos para navegação em igarapés, rios pequenos e unidades de conservação ambiental e outros três para o trabalho policial nas calhas dos rios. “Isso vai facilitar o nosso deslocamento pelos rios nas operações que fazemos rotineiramente. A base flutuante e os botes servirão para todos os tipos de operações que serão desencadeadas”, disse Almir David.

Entre as ocorrências fluviais mais comuns, atendidas pela Companhia Fluvial, estão apreensões de barcos com carregamento de madeiras, peixes e outros produtos florestais sem a devida licença ambiental. O secretário de Segurança Pública, Zulmar Pimentel, afirmou que a unidade também será um ponto estratégico para o combate ao trafico de drogas na região. “Esse equipamento é da maior importância para a preservação ambiental, mas como a forma mais frequente das drogas chegarem a nossa capital é através das vias fluviais, essa base vai servir para apoiar o trabalho de combate e repressão que desenvolvemos”, destacou.

Capacitação – Nesta sexta-feira (29), a Polícia Militar encerra o 3º Curso de Formação em Policiamento Ambiental, promovido em parceria com o Ministério do Meio Ambiente. Ao todo, 73 policiais foram capacitados para atuarem em operações policiais ligadas ao meio ambiente. A entrega dos certificados ocorre a partir das 17h, no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

Foto: Chico Batata

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

Banco do Povo tem R$ 500 mil em crédito para empreendedores de Maués

Oferecer crédito para pequenas empresas, profissionais liberais e microempreendedores. Est…