Manaus – Dois atletas de canoagem partem de Manaus, saindo do Encontro das Águas, nesta quarta-feira (17), às 10h, para a última etapa da Expedição Amazonas, que vai percorrer 1.580 quilômetros até Belém (PA). Um dos objetivos da expedição, que tem o apoio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), é medir e mapear pontos para um futura competição internacional de canoagem no Rio Amazonas.

Com duração de aproximadamente 20 dias, a viagem também visa incentivar atletas da modalidade a participarem, em outubro, do 1º Desafio Amazonas X Pará, em uma competição de velocidade com previsão de acontecer no mesmo dia da inauguração da ponte sobre o Rio Negro, segundo informações do presidente da Federação Amazonense de Canoagem, Marcelo Santos da Luz.
Marcelo e Romeu Chala já percorreram o Rio Amazonas de Tabatinga a Manaus, perfazendo cerca de 2 mil quilômetros, e agora completarão o percurso indo de Manaus para Belém. O novo trecho será feito em caiaque duplo, sem barco de apoio e os atletas contarão somente com preparo físico e experiências de outras expedições.
No Amazonas, os atletas sairão de Manaus e passarão pelas cidade de Itacoatiara, Itapiranga, Urucará e Parintins. Dentro do Pará, percorrerão Juriti, Óbidos, Santarem, Monte Alegre, Prainha, Almerim, Gurupá, Breves, Curralinho e Belém. Um dos maiores trechos será entre Manaus e Itacoatiara e a velocidade média pretendida é de 12 quilômetros por hora.
ATLETAS
Marcelo Luz
Engenheiro Mecânico, natural do Rio Grande do Sul, vive em Manaus desde 1996, quando participou da Expedição Amazônia II, que percorreu 1.300 quilômetros entre Tabatinga e Coari. Esse expedição trouxe o atleta e com ele a Canoagem Olímpica para a região, onde em 1998 fundou a Federação Amazonense de Canoagem- FAC. Neste mesmo ano participou da Expedição Rio Cupari no Pará. Em 2002 veio de Coari a Manaus em trajeto solo e, em 2004, foi de Manaus a Parintins também em trajeto solo. No ano passado ajudou a preparar a I Expedição Manaus – Belém de caiaque, com a participação de delegações paraense e amazonense.
Romeu Chala
Professor de Educação Física, técnico de Remo e Natação em Porto Alegre, veio em especialmente a Manaus para este desafio. Participou de sua primeira expedição de Canoagem no Amazonas em 2009, quando desceu de Tabatinga até Itacoatiara na companhia do coronel de reserva Hiram Reis e Silva, no projeto Rio Mar. A dupla enfrentou outro desafio em 2011, dessa vez na Lagoa dos Patos no Rio Grande do Sul onde percorreram 300 quilômetros.
O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.
Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

Brasil conquista pela primeira vez prêmio no Forbes Travel Guide

Belmond Hotel das Cataratas, localizado Parque Nacional do Iguaçu é o primeiro da América …