Manaus – O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) iniciou a fase de testes da identificação biométrica no exame de direção para os candidatos à primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no Estado. A automatização do processo tem como meta inibir a ocorrência de fraudes e dar mais rapidez à divulgação do resultado da prova prática de direção. O novo procedimento entra em operação no mês de setembro.

Os testes com a identificação biométrica dos candidatos começaram no início de agosto no Complexo de Exames de Direção Veicular, com a utilização de tablets interligados ao sistema do Detran-AM. No equipamento, antes do início do percurso do exame de direção, os candidatos são identificados por meio da impressão digital. “Nessa fase de testes, estamos identificando falhas, fazendo adaptações e melhorando o processo antes da implantação definitiva da automação com os tablets”, explicou a diretora do Detran-AM, Mônica Melo.
De todas as etapas para a habilitação, apenas o exame de direção ainda não era feito com identificação eletrônica. Com a adoção da biometria, o resultado do exame de direção será divulgado no mesmo dia em que a prova for realizada, como já acontece com a prova de legislação. Quando houver reprovação, o candidato poderá consultar os motivos através do site do órgão na internet (www.detran.am.gov.br), sem a necessidade de requerer os detalhes da inaptidão, como é exigido atualmente. A informação ficará disponível na sessão ‘Consultas-Habilitação’, na parte esquerda do site e o candidato poderá consultar os detalhes digitando o número do Registro Nacional de Carteira de Habilitação, código adquirido no ato da entrada do pedido para o documento.
“Somos o primeiro departamento de trânsito do País a fechar todo o processo para a habilitação com a identificação biométrica. Vamos dar celeridade e transparência ao processo para a habilitação, acabando com todas as brechas para possíveis fraudes ao exame. A incidência é pequena, mas detectamos alguns casos de pessoas fazendo a prova no lugar do candidato. Temos casos encaminhados à polícia para apuração porque isso é um crime e estamos tratando como tal”, disse.
Por mês, o Detran-AM realiza em média 12 mil exames práticos de direção nas cinco categorias de habilitação. A categoria ‘A’ (moto) é a que concentra o percentual de reprovação mais acentuado, com 60% dos candidatos inaptos. Nas categorias ‘B’ (carro), ‘C’ (veículos pesados), ‘D’ (ônibus) e ‘E’ (caminhão), o índice de reprovação gira em torno de 30%.

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Load More Related Articles
Load More In Acidente
Comments are closed.

Check Also

Filho ilustre de Humaitá é preso na 2º fase da operação Maus Caminhos

Manaus.  Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a segunda fase da Operação Maus…