Ao fim da obra, a empresa responsável pela recuperação da estrada continuará prestando manutenção em toda a extensão da AM-240
O Governo do Estado do Amazonas já recuperou, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinf), 70% da AM-240, a Estrada de Balbina, que faz a ligação entre a sede do município de Presidente Figueiredo, desde o km 103 da BR-174, e a Vila de Balbina, onde está situada a usina hidrelétrica que fornece energia elétrica para Manaus. A Seinf informou que toda a extensão da pista da AM-240 já foi finalizada, faltando apenas a recuperação das laterais da pista e construção de meio-fio e sarjeta.

Com 75 km de extensão, essa rodovia tem grande importância para a economia de Presidente Figueiredo, porque nela estão situados diversos ramais, entre eles o da Morena, responsáveis por grande parte da produção rural destinada à capital, desde hortifrutigranjeiros até o cupuaçu, fruto do qual este município é líder na produção no Amazonas.
Com 70% da obra de recuperação do leito da estrada já concluída, o contrato, no valor de R$ 7,5 milhões, contempla a recuperação do sistema de drenagem superficial e profunda, limpeza lateral da pista com roçagem manual, colocação de meio-fio e sarjeta, operações de tapa buraco e recapeamento.
De acordo com os técnicos responsáveis pela fiscalização da obra, além dos diversos buracos detectados ao longo da pista, também havia muitos trechos erodidos ou com a drenagem coberta pelo mato, o que determinava a presença de água por sobre a estrada, enfraquecendo o leito da rodovia e determinando o aparecimento de crateras.
Informado da situação, o governador Omar Aziz determinou a realização de processo licitatório para a contratação de empresa especializada para a realização dos serviços de recuperação e manutenção da AM-240, o que já está acontecendo e com resultados altamente positivos.
Com a presença de 20 a 25 homens diariamente no canteiro de obra, a Construtora Soma mobilizou retroescavadeiras, pás carregadeiras, motoniveladoras, rolos compactadores do tipo pé-de-carneiro e de chapa, além de caminhões basculantes e equipamentos manuais necessários a realização dos serviços.
Entrega antecipada da obra – A obra, que teve início com a assinatura da Ordem de Serviço no dia 7 de abril de 2011, tem previsão de entrega para o dia 6 de abril de 2012, o que implica que ao término da obra – o que deve acontecer bem antes do prazo contratual previsto, de 730 dias, a empresa continuará prestando manutenção em toda a extensão da AM-240, segundo informou ontem a secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Alencar.
Em conversa com o engenheiro Rogério Genício, responsável pela fiscalização da obra, Waldívia Alencar recebeu a informação de que “já não existe nenhum buraco no leito da AM-240”, fato comemorado pelos moradores locais e pela Câmara de Vereadores de Presidente Figueiredo, que enviou documento à Seinf agradecendo a realização da obra.
O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.
Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Comemoração
Comentários estão fechados.

Verifique também

Movimento Transparência Partidária entregam petição para Gilmar Mendes

O Movimento Transparência Partidária em parceria com outras 18 organizações entregou esta …