Com objetivos de acessar políticas públicas em benefício dos movimentos sociais e populares do Amazonas e discutir o Plano Brasil sem Miséria, junto a órgãos do Governo Federal, o titular da Secretaria de Articulação de Políticas Públicas aos Movimentos Sociais e Populares (Searp), Zeca do PT, iniciou nesta quarta-feira, dia 17 de agosto, uma série de reuniões na Esplanada dos Ministérios em Brasília (DF).


O primeiro encontro foi com a secretária extraordinária para Superação da Extrema Pobreza, Ana Fonseca, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Na pauta da reunião, foram discutidas as ações regionais do Plano Brasil sem Miséria e sua aplicação no Amazonas, baseadas nos três eixos do Plano: garantia de renda, inclusão produtiva e acesso a serviços públicos.

O secretário Zeca do PT disse que o Governo do Estado abraçou o Brasil sem Miséria e, por conta disso, está formando um comitê sob o comando da Secretaria de Assistência Social (Seas) com a participação de outras secretarias, inclusive a Searp. “Nosso papel será de potencializar as ações junto à sociedade civil organizada, principalmente do interior do Estado e prefeituras. A primeira estratégia é identificar as famílias que possuem renda per capita inferior a R$ 70 para serem beneficiadas com o Brasil sem Miséria”, afirmou.

Na quinta-feira, dia 18, o secretário se reunirá com representantes dos Ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA), Meio Ambiente e, da Pesca e Agricultura. Zeca do PT pretende articular convênios com o MDS e MDA para beneficiar movimentos de trabalhadores rurais com tratores, casas de farinha e maquinários que possam ajudar no beneficiamento da produção do interior do Estado.

FOTO: DIVULGAÇÃO/MDS

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

Saiba 10 dicas de economia para as compras de Natal

Aproveite as férias com as contas em dia A data mais importante para o comércio, o Natal, …