Amazonas

Soldados amazonenses se preparam para missão de paz no Haiti

Soldados amazonenses se preparam para missão de paz no Haiti
Na noite desta segunda-feira (1) eles participaram da formatura de despedida, e a partir de agora, esperam pelos dez escalões de embarque que sairão de Manaus com destino a Porto Príncipe.
Soldados do Amazonas que se preparam para ir ao Haiti participaram de uma cerimônia nesta segunda-feira. Foto: Arlesson Sicsú

Manaus – Pelo menos 259 homens amazonenses começam a se despedir de suas famílias para embarcar ainda neste mês de agosto para a Missão de Paz no Haiti. Na noite desta segunda-feira (1) eles participaram da formatura de despedida, no 1o Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), e a partir de agora, esperam pelos dez escalões de embarque que sairão de Manaus com destino a Porto Príncipe.

Pelo menos 833 militares representando o Amazonas, Pará e Roraima, serão enviados para substituir aqueles que já estão em missão. Além das autoridades militares presentes no local, esteve também o governador em exercício José Melo, que entregou a bandeira do Amazonas para o militar mais antigo do grupo da Força de Paz. Este será o 1º Batalhão de Infantaria de Força de Paz no Haiti 1/15.
De acordo com o general-de-exército e comandante militar da Amazônia, Luís Carlos Gomes Mattos, o objetivo é que estes homens e as duas mulheres que também irão embarcar, componham a tropa na Missão de Estabilização de Paz no Haiti que o Brasil cumpre há 8 anos. “Esse nosso batalhão vai para ficar seis meses e o nosso trabalho é ajudar nesse processo depois da guerra e do terremoto, que destruiu ainda mais o país”, destaca ele.
Familiares e amigos lotaram a cerimônia. Após 19 anos casada com um militar, a dona de casa Darly Andrade, 35, lamenta a ida do esposo, por conta dos filhos mais novos, mas sabe da importância da viagem para a carreira do marido. “Nós nunca ficamos tanto tempo distantes. Ele já viajou mais vezes, a última vez que ele foi pra Roraima, passou um mês e eu já senti saudades”, conta Darly, que prometeu uma festa de despedida para o marido, Cabo Almeida.
Na cerimônia, os soldados fizeram um juramento. “Dai-nos também Senhor a esperança e a certeza do retorno”, dizia um trecho do juramento. Em seu discurso, o comandante da Amazônia falou da importância da missão para os homens. “Não são simplesmente soldados. São soldados brasileiros preparados e adestrados para muito bem representar o Brasil no exterior”, falou Mattos.
Daqui a 6 meses as famílias esperam pelo reencontro.
Fonte: Diário da Amazônia
Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas

Comentários

Comentários

Amazonas

More in Amazonas

Urgente! Adolescente é apreendido suspeito de homicídio em Manicoré-AM

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

José Ricardo volta a cobrar instalação da CPI da Saúde

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Safra do guaraná em Maués (AM) já rendeu 200 toneladas

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Em Manicoré, menor de 15 anos é apreendido pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e ameaça

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Polícia Militar prende homem suspeito de trocar tiros com facção rival em tapauá

Jornal de Humaitá23 23America/Manaus novembro 23America/Manaus 2017

Urgente! Ônibus de Apuí(AM) com destino a Porto Velho (RO) capota

Jornal de Humaitá22 22America/Manaus novembro 22America/Manaus 2017

PM prende homem acusado de Latrocínio em Manicoré

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017

Polícia Militar apreende contrabando de cigarros, Quelônios e cocaina em Manicoré- AM

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017

PM PRENDE HOMEM ACUSADO DE ENTRAR EM SALÃO DE BELEZA E AMEAÇAR FUNCIONÁRIOS COM ARMA DE FOGO

Jornal de Humaitá20 20America/Manaus novembro 20America/Manaus 2017
Seja bem vindo.

Categorias

Arquivos

Copyright © 2017 Jornal de Humaitá