O Governo do Amazonas vai apresentar nos próximos meses, ao Governo Federal, um projeto de reforma da Vila Olímpica de Manaus para inclusão dentro dos investimentos em infraestrutura esportiva que serão feitos no País visando as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Em visita a Manaus para o lançamento do programa Segundo Tempo, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou que a preparação dos jogos olímpicos deve ser encarada como um empreendimento nacional e que todos os Estados serão beneficiados com recursos para infraestrutura esportiva.


“Na compreensão do Ministério do Esporte, as olimpíadas têm de ser tratadas como empreendimento nacional. Então, todos os Estados brasileiros terão alguma forma de participação nas olimpíadas, inclusive o Amazonas também. E é dentro desses investimentos que vamos destinar os recursos e escolher as obras”, disse Rebelo.

Segundo a secretária de Esportes do Amazonas, Alessandra Campelo, o Estado já foi escolhido oficialmente para ser o centro de treinamento do judô e do tênis de mesa durante as olimpíadas do Rio. Com a reforma, a expectativa é disputar a sede de treinamento para a natação e o atletismo. “Queremos fazer uma reforma no parque aquático e atletismo porque queremos também estar habilitados nessas modalidades para ser campo de treinamento oficial, não só para os atletas brasileiros e amadores amazonenses, mas inclusive para países vizinhos”, frisou.

O programa Segundo Tempo, que promove atividades esportivas para estudantes dos ensinos fundamental e médio no contraturno escolar, também está entre as prioridades de investimentos na área de esporte para os próximos anos. A edição de 2012 do programa no Amazonas foi lançada, nesta sexta-feira (30), e soma R$ 6 milhões em recursos dos Governos Estadual e Federal, beneficiando 20,8 mil estudantes em 132 escolas da capital e de treze municípios do interior.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), já está elaborando o projeto de ampliação do programa para o ano que vem, com foco nos municípios da região de fronteira. “Já temos o compromisso do Ministério do Esporte de ampliar para a área de fronteira. Estamos fazendo um levantamento do custo quantitativo para isso e nas próximas semanas vamos apresentar ao ministério”, adiantou a secretária.

Reforma Estádio da Colina – O Governo do Amazonas aguarda para o mês de abril a liberação do Ministério do Esporte do projeto de reforma do Estádio Ismael Benigno, o Estádio da Colina, no bairro São Raimundo (zona oeste de Manaus), para lançar o processo de licitação para a obra. Orçado em R$ 21 milhões, o projeto será feito com recursos do Governo Federal, por meio da Caixa Econômica Federal, e contrapartida do Governo do Estado.

“O ministério pediu para recadastrar a proposta e a previsão é que eles liberem em abril. Estamos esperando uma autorização do Ministério para a Caixa analisar e a gente mandar licitar”, informou Alessandra Campelo.

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Load More Related Articles
Load More In Jornal de Humaitá

Deixe uma resposta

Check Also

Filho ilustre de Humaitá é preso na 2º fase da operação Maus Caminhos

Manaus.  Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a segunda fase da Operação Maus…