O governador Omar Aziz vai disponibilizar ajuda humanitária para as vítimas da cheia na cidade de Manacapuru (a 84 km de Manaus). O anúncio foi feito pela presidente do Fundo de Promoção Social (FPS) e primeira-dama do Estado, Nejmi Jomaa Aziz, durante a quinta edição do programa Escola Solidária, que beneficiou mais de 15 mil pessoas com serviços básicos de saúde, assistência social e cidadania nesta sexta-feira, 4 de maio, na Escola Estadual José Seffair.


Para apoiar os moradores do município que sofrem com a enchente, o governador Omar Aziz vai conceder cartão Amazonas Solidário no valor de R$ 400, cestas básicas e mantimentos, além da construção de pontes e elevados nas áreas atingidas. “O governador Omar Aziz está olhando com muito carinho esta situação e está muito preocupado com as famílias que foram afetadas pela cheia, mas elas não irão ficar desamparadas, pois as ações emergenciais já estão acontecendo”, enfatizou a primeira-dama.

Durante a visita, a presidente do FPS também ressaltou os investimentos que estão sendo realizados, como a pavimentação da área urbana e rural da cidade, com previsão para finalizar em outubro deste ano. Na área da saúde, o Governo Estadual está reformando a Maternidade Cecília Cabral e já entregou um ônibus adaptado às necessidades das crianças para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Na área da segurança, será inaugurado ainda neste mês o novo prédio do 9º Batalhão da Polícia Militar da localidade. O Governo do Estado também já enviou para a corporação recebeu duas viaturas e novos equipamentos. Em relação à infraestrutura, vai ser realizada a duplicação da Rodovia AM-070, que interliga Manaus e Manacapuru, ainda neste ano, assim como a manutenção e recuperação das rodovias AM-352, em Novo Airão, e Carlos Braga, em Iranduba. Na área da assistência social será implantado o Programa Viver Melhor, voltado para famílias que possuem pessoas com necessidades especiais.

Nesta edição do programa Escola Solidária, foram oferecidos pela primeira vez atendimentos de cardiologia, dermatologia e exames de ultrassonografia. Para a estudante Débora Alves, 17, a novidade do exame de ultrassom na ação foi uma ajuda tanto para ela quanto para a mãe que há tempo necessitavam realizá-lo. “Esse exame é muito caro e não temos condições de pagar. Então foi uma boa oportunidade para mim e minha mãe fazermos”.

A próxima edição do Escola Solidária na Região Metropolitana de Manaus (RMM) vai acontecer na cidade de Itacoatiara, na próxima sexta-feira, dia 11 de maio. O programa vai retornar com as ações para a cidade de Manaus a partir do segundo semestre deste ano.

Ação emergencial – Após a ação em Manacapuru, a primeira-dama prosseguiu para Manaus, no bairro Presidente Vargas, na comunidade do Bariri, zona centro-sul, e comunidade da Sharp, zona leste, para verificar a continuidade das ações, obras de infraestrutura e a retirada de entulhos das áreas alagadas, conforme determinação do governador Omar Aziz dentro do plano emergencial de apoio às vítimas das alagações em Manaus.

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas

Deixe uma resposta

Verifique também

Comércio eletrônico espera faturar R$ 8,4 bilhões no Natal

Segundo ABComm, expectativa é que o lucro das lojas virtuais cresça 12% em relação ao ano …