O Governo do Amazonas,por meio da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), assinou um convênio com o Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS) no valor deR$ 1.526.400,00 para revitalizar a cadeia produtiva da borracha. A solenidade foi realizada nesta terça-feira, dia 5 de junho, às 15h, no Centro Cultural dos Povos da Amazônia (Praça Francisco Pereira da Silva, s/nº, Crespo, zona sul).

O projeto intitulado de Extensão e Transferência de Tecnologias para a Dinamização da Produção da Borracha visa ampliar a produção da borracha natural extrativa em 25 municípios produtores do Estado do Amazonas com extensão, pesquisa,desenvolvimento e aplicação tecnológica. O projeto envolverá 25 municípios produtores de borracha: Atalaia do Norte, Boca do Acre, Borba, Canutama, Carauari, Coari,Eirunepé, Envira, Fonte Boa, Humaitá, Ipixuna, Itacoatiara, Itamarati, Juruá,Jutaí, Lábrea, Manicoré, Nova Olinda Norte, Novo Aripuanã, Pauini, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, Tapauá e Urucurituba. Além da assinatura do convênio, no local, também serão distribuídos dois mil kits sangria para auxiliar os heveicultores (extratores do látex).
Os kits são compostos por 400 tigelas, 400 bicas, duas facas para sangria, um facão, um balde e uma lanterna de cabeça.
O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.
Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

Verifique também

Filho ilustre de Humaitá é preso na 2º fase da operação Maus Caminhos

Manaus.  Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a segunda fase da Operação Maus…