No ano passado, o Pibid contabilizou um total de 623 alunos bolsistas da UEA realizando atividades em 10 cursos distribuídos em 10 municípios.


Manaus – Para valorizar o magistério e incentivar os alunos que optam pela carreira de professor, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) realizará, na segunda-feira, dia 10 de março, a partir das 10h, na Escola Superior de Ciências da Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (ESA/UEA – avenida Carvalho Leal nº 1.777, Cachoeirinha, zona sul), a solenidade de abertura anual do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid).

No ano passado, o Pibid contabilizou um total de 623 alunos bolsistas da UEA realizando atividades em 10 cursos distribuídos em 10 municípios. Já em 2014, o Pibid terá a participação de 1.647 estudantes de graduação da UEA, sendo esses de 11 cursos realizados em 14 municípios. Nesta edição do Pibid, incluíram-se as demais licenciaturas da capital e as do campus do interior, resultando-se na realização de 35 subprojetos dos cursos de Ciências Biológicas, Pedagogia, Letras, Matemática, Geografia, Dança, História, Química, Física e Informática.

Os “pibidianos”, como são chamados os estudantes participantes do programa, recebem bolsas no valor de R$ 400, durante um ano. Nesse período, eles têm como obrigação o desenvolvimento de atividades relacionadas à sua área de formação e dentro de salas de aulas de escolas também participantes do programa.
Além da formação desses alunos, o Programa de Iniciação à Docência também possui a seleção para professores coordenadores do programa nas escolas participantes. Atualmente, 70 escolas públicas estão sendo alcançadas pelas atividades do Pibid. Em 2014, são disponibilizadas 225 vagas para professores supervisores das atividades.
Sobre o Programa – O Pibid é um programa do Ministério da Educação, gerenciado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com o objetivo de estimular a profissão do magistério e oportunizar o ingresso dos acadêmicos das licenciaturas na vida profissional, promovendo reforços na educação de modo geral, elevando a qualidade da mesma.
Na UEA, o Pibid iniciou em 2009, com a participação de três licenciaturas ao programa. Com a expansão do Pibid/UEA, os impactos foram muito positivos. Entre eles, cita-se a importante contribuição na formação dos acadêmicos no que se refere à oportunidade de vivenciarem e participarem ativamente do contexto escolar desde o início do curso de licenciatura.

O objetivo do Pibid foi tornar as aulas mais interessantes, relacionando os conteúdos ministrados com o cotidiano dos alunos. Por exemplo, para aumentar o interesse pelas aulas de Química, desenvolveram-se atividades não somente em laboratório, demonstrando que aulas práticas podem ser feitas com materiais alternativos e de baixo custo. Os projetos desenvolvidos pelos alunos são os mais diversos e englobam o dia a dia dos acadêmicos em sala de aula.

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas

Deixe uma resposta

Verifique também

Cabo Maciel destaca chegada de Jair Bolsonaro para compromissos em Manaus e Manacapuru

A chegada do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), pré-candidato à Presidência da Repúbli…