Antes das reuniões com os líderes de partidos, o governador Omar Aziz se reuniu com a bancada de parlamentares do Amazonas para afinar o processo de articulação

FOTOS: ALEX PAZUELLO/AGECOM
FOTOS: ALEX PAZUELLO/AGECOM
Brasilia.O governador Omar Aziz reúne-se, no início da tarde desta terça-feira (18), com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, com parte das articulações que lidera, em Brasília (DF), para votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga o prazo da Zona Franca de Manaus (ZFM) por mais 50 anos. Na manhã de hoje, Omar Aziz reuniu a bancada de parlamentares do Estado e manteve encontros com as lideranças do DEM, PSDB, PR e PPS, além de ter conversado sobre o assunto com o líder do Governo na Câmara, Arlindo Chináglia.
“Estamos conversando com a oposição que poderia causar algum problema para a votação (PEC da ZFM), pois já existe uma determinação do Governo Federal de aprovar”, destacou Omar Aziz. Segundo ele, há um consenso de que a PEC tem de ser prorrogada. “A questão em aberto é o PL da Lei de Informática (Projeto de Lei que pede a extensão dos incentivos do setor de informática por mais dez anos). Isso tem que ter bom senso sobre o tempo de prorrogação da Lei de Informática”, completou o governador, ao destacar que espera ter uma posição sobre a questão do setor de informática ainda esta tarde, quando se reúne com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, às 15h.
Antes das reuniões com os líderes de partidos, o governador Omar Aziz se reuniu com a bancada de parlamentares do Amazonas para afinar o processo de articulação. “O tempo de durabilidade da Zona Franca é curto, até 2023, e ninguém faz investimentos se não tiver um tempo maior para você ter o retorno do capital investido. Estou confiante em um acordo e há um compromisso da presidenta Dilma e eu confio nesse compromisso”. 
O governador lidera as reuniões em Brasília, que contam com a participação do prefeito de Manaus, Arthur Neto, os deputados Átila Lins, Pauderney Avelino, Silas Câmara, Carlos Souza e Rebecca Garcia e os senadores Eduardo Braga, Alfredo Nascimento e Vanessa Grazziotin. O superintendente da ZFM, Thomaz Nogueira, também participa das articulações. “Esse engajamento mostra a preocupação do governador com a questão. Ele tem defendido a importância da Zona Franca de Manaus para o Estado do Amazonas porque ele sabe que Manaus é o motor da nossa economia, com 80% do nosso PIB. O engajamento, a preocupação e a condução que ele tem nesse processo são fundamentais para que sejamos vitoriosos.
O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.
Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas

Deixe uma resposta

Verifique também

Comércio eletrônico espera faturar R$ 8,4 bilhões no Natal

Segundo ABComm, expectativa é que o lucro das lojas virtuais cresça 12% em relação ao ano …