O Governo do Amazonas acaba de incluir no serviço ativo da Polícia Militar do Amazonas 489 alunos soldados e 77 alunos oficiais convocados do último concurso público da corporação. Os alunos, que estão participando de curso de formação no Centro de Formação de Aperfeiçoamento de Praças (Cefap) e na Academia de Polícia, estão sendo preparados para integrar o quadro permanente da Polícia Militar e para atuar no programa Ronda no Bairro em fase de expansão para o interior.

 Ainda este ano, o governador do Amazonas, José Melo, pretende levar o Ronda no Bairro para mais seis municípios do interior –  Lábrea, Maués, São Gabriel da Cachoeira, Boca do Acre, Manicoré e Eirunepé, completando a meta de atingir, em 2014, os 14 municípios prioritários. Além de Manaus, o programa já chegou a oito municípios – Coari, Tefé, Iranduba, Itacoatiara, Parintins, Manacapuru, Humaitá, Tabatinga.
A lista com o nomes foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) edição de terça-feira, 8 de abril, que circulou nesta quarta-feira. São 440 alunos soldados do sexo masculino e 49 do sexo feminino; além de 60 alunos oficiais do sexo masculino e 17 do sexo feminino. Eles foram convocados do quadro de reserva do último concurso e estão em treinamento há cerca de dois meses. Segundo o comandante da Polícia Militar do Amazonas, coronel Almir David, a formatura está prevista para o final do mês de maio.
Para o comandante da PM, a inclusão dos alunos soldados e alunos oficiais é um incentivo a mais para os policiais em formação, uma vez que permite que sejam inseridos na folha de pagamento do Governo do Estado, com salários retroativos à data em que iniciaram o curso de formação, em fevereiro de 2014.   
“Eles estão em treinamento há cerca dois meses com formatura prevista para o final do mês que vem, quando serão integrados ao Programa Ronda no Bairro para reforçar a capital e permitir a expansão para mais seis municípios do interior”, disse o coronel Almir David.
Treinamento – O curso de formação de soldados tem prazo de cinco meses, incluindo aulas aos sábados no Cefap, no campus da Universidade Nilton Lins. Os alunos realizam disciplinas teóricas e práticas, com matérias sobre técnicas militares e também as específicas do programa Ronda no Bairro. De acordo com o comandante do Cefap, tenente-coronel Willer Abdala, o conteúdo programático do curso que inicia às 6h da manhã e vai até às 18h, inclui instrução de técnicas policiais, cidadania, direitos humanos regulamento da Polícia Militar, prática de tiros, abordagens, entre outros, além do conteúdo específico do Programa Ronda no Bairro, como policiamento comunitário, relacionamento interpessoal e direitos humanos.
Através do estágio operacional, os alunos também participam de atividades regulares da Polícia Militar, a exemplo de grandes eventos, como o Carnaval e os jogos-testes para a Copa 2014, na Arena da Amazônia.
O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.
www.jornaldehumaita.com.br

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas

Deixe uma resposta

Verifique também

Crescimento do PIB confirma acerto das reformas

A revisão da estimativa oficial de crescimento do PIB brasileiro, para 1,1% em 2017 e 3% e…