Manaus. O Governo do Amazonas realizou, no período de 13 a 27 de março, 52.196 atendimentos nas áreas da Assistência Social, Cidadania, Saúde, Previdência e serviços bancários, na sede do município de Envira (a 1.208 quilômetros de Manaus, na Calha do Juruá), dentro do projeto Pronto Atendimento Itinerante (PAI), no barco Puxirum.

A cidade é a primeira da Calha do Juruá a receber o programa coordenado pela Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seas). Até o dia 27 de junho, a embarcação também vai percorrer 20 comunidades rurais e indígenas dos municípios de Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Itamarati, Carauari e Juruá, oferecendo serviços gratuitos de emissão de documentos básicos, consultas médicas, atendimentos sociais, previdenciários e bancários.
Os outros dois barcos – o Zona Franca Verde e o Puxirum II – estão atendendo simultaneamente outras 40 comunidades nos municípios de Boca do Acre, Pauiní, Lábrea, Canutama, Tapauá e Beruri, na Calhas do Purus, além de Atalaia do Norte, Amaturá, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Jutaí e Fonte Boa, no Vale do Javari, na região do Alto Solimões, até o dia 2 de julho, respectivamente.
De acordo com a secretária da Seas, Regina Fernandes, essa é a 9ª missão do projeto na Calha do Juruá, que contabiliza mais de 756 mil atendimentos realizados em 11 anos de existência do PAI. “A orientação do governador Omar Aziz é garantir que a população que vive em localidades distantes tenha acesso à cidadania e à saúde”, disse.
Serviços realizados – Dos mais de 52 mil atendimentos em Envira, 36.096 foram de consultas médicas, nas especialidades de clinica geral, pediatria, oftalmologia e odontologia, oferecidas pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e o Exército. Os números também contabilizam a distribuição de medicamentos básicos, entrega de óculos de grau, próteses dentárias, cadeiras de rodas e muletas.
O atendimento social registrou 1.389 serviços, com visitas domiciliares de assistentes sociais e psicólogos da Seas, e encaminhamento de idosos, crianças e deficientes para o Centro Especializado de Referência da Assistência Social (Creas) para serem inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e terem acesso os benefícios sociais do Governo Federal, como o Programa Bolsa Família (PBF).

O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.

www.jornaldehumaita.com.br

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas

Deixe uma resposta

Verifique também

Cabo Maciel destaca chegada de Jair Bolsonaro para compromissos em Manaus e Manacapuru

A chegada do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), pré-candidato à Presidência da Repúbli…