Manifestantes com faixas e buzinas pediam justiça para o caso

Por: José Rodrigues – Lábrea (AM).

Lábrea. Familiares e amigos protestaram em frente da delegacia de Lábrea após morte de professor, o mesmo foi vitimado sem motivos óbvios e isso indignou a população que sofre a falta de justiça. O motivo do homicídio foi uma dividida em uma partida de futsal na quadra do mutirão.

Manifestantes com faixas e buzinas pediam justiça para o caso. 
O delegado da policia civil de Lábrea disse aos manifestantes que não precisava da manifestação, pois o acusado já está preso, e em seguida mandou que saíssem da frente da delegacia.
O homicídio ocorreu por volta das 18:30 horas do dia 03/04/2014. A policia militar realizou uma operação comandada pelo Tenente Laurênio Santos, onde a guarnição foi informada pelo operador 190.

Um rapaz com marcas de sangue pelo corpo compareceu a 6ª DIPCL, informando que havia acontecido uma tentativa de homicídio na quadra do Mutirão do Bairro da Fonte, onde um rapaz conhecido como CHARLES havia desferido uma estocada com arma branca nas costas de outro rapaz conhecido como MESSI. 

O rapaz informou também que o acusado, após desferir a estocada, havia empreendido fuga do local e ido rumo ao local denominado CATITU. 
Foi feito deslocamento até o local informado e foi confirmado a veracidade do fato e a vitima já havia sido conduzida por populares ao Hospital Regional de Lábrea (HRL) para receber atendimento médico e estava sendo submetida a procedimento cirúrgico.

Foram realizadas diligências pelo local e em sua residência afim de capturar o acusado da tentativa de Homicídio, porém o acusado não foi encontrado e as diligências continuaram por diversas partes do Bairro da Fonte.

 A vítima foi AMESSIAS RAMOS DE ARAÚJO, 29 anos, morador da Rua 22 de Outubro no Mutirão do Bairro da Fonte e o acusado CHARLES GOMES DE FARIAS, 26 anos, morador da Rua Projetada I, no Bairro da Fonte.
Lábreá - Alunos e Familiares do professor messir

 Foi informado que o motivo do homicídio foi uma dividida em uma partida de futsal na quadra do mutirão. 
Por volta das 20:40 horas a guarnição foi informada via 190, que a vitima havia ido a óbito no HRL e o acusado passou a ser procurado por homicídio. As diligências da PM continuaram por toda noite do dia 03 e madrugada de hoje 04. 
Por volta das 09:47 horas do dia 04/04/2014, a guarnição da VTR 22-1706, comandada pelo CbPM VANDE, foi acionada pelo advogado RENÊ VIEIRA PERES JÚNIOR, OAB – AM Nº 9219, que solicitou auxílio policial, pois ele temia represália dos familiares da vítima, para fazer a apresentação do acusado CHARLES, que foi conduzido e apresentado na 6ª DIPCL para os procedimentos, com a sua integridade física e moral preservadas.
Os manifestantes e parentes da vitima seguiram até o cemitério Nossa Senhora de Nazaré no bairro de Fátima onde iriam enterrar o corpo de “Messi”.
O conteúdo do site tem expressa autorização de publicação desde que informe a fonte.
www.jornaldehumaita.com.br

Jornal de Humaitá – O portal de notícias do Amazonas
Load More Related Articles
Load More In Amazonas

Deixe uma resposta

Check Also

Filho ilustre de Humaitá é preso na 2º fase da operação Maus Caminhos

Manaus.  Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a segunda fase da Operação Maus…