humaita
Vista aérea de Humaitá. (Foto: Ilustrativa)

Humaitá – De acordo com fontes polícias os supostos assaltantes tramavam para essa semana um ataque fulminante ao quartel do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e a 8º Delegacia Interativa de Humaitá (DIH) como distração, é posteriormente seguiriam rumo a cinco de setembro, para assaltar quatro bancos que ficam próximos um do outro, logo em seguida fugiram em caminhonetes roubadas que possivelmente já estariam com placas adulteradas, sem contar com os reféns que os bandidos usariam como escudos humanos para facilitar a ação criminosa.

A suspeitas é que no mês passado eles chegaram com armamento pesado e com explosivos, na qual o bando alugou apartamentos próximos ao quartel do 4ª BPM, Delegacia Civil e dos bancos para o planejamento da ação e que estariam usado identidades falsificadas. Mais felizmente o plano foi descoberto pela inteligência de Rondônia que também está na cidade fazendo um levantamento.

A polícia pede calma da polução e que a operação é para prevenir assalto futuros.

Operação Policial

A megaoperação conjunta envolve PRF, PM e PC dos dois estados com ajuda de um helicóptero. Na qual as força especiais da Ação Rápida, Força Tática, Coe-RO, DECCP-RO e PC-AM estão se empenhado para prende e evitar a ação dos criminosos.

Outras cidades

Também estão em alerta as cidades de Apuí e Lábrea, de acordo com a polícia eles podem facilmente se deslocar para as devidas localidade, pela facilidade do acesso da Br 319 e Br 230. Lembrando que as cidades já foram vitimas do “Ceará” que foi chefe do assalto aos bancos nesta duas cidades e que fugiu meses atrás do presídio em Porto Velho-RO.

Suspeitos

Os suspeitos são a quadrilha do cangaço que tem como chefe José Hamilton da Silva vulgo “Ceará “que realizou os assaltos em Rondônia e Amazonas, copiando as ações do cangaço de Lampião”“. A fortes indícios que estão querendo executar o plano no sul do Amazonas e que eles são de altíssima periculosidade, na qual estão na posse de armamento pesado como metralhadora, pistola e fuzis. Dois deles que foram presos em Porto Velho-RO fugiram essa semana. Na ocasião da prisão, ele estaria indo comprar mantimentos para assaltar os bancos de Humaitá-AM e Lábrea-Am. Há duas semanas eles conseguiram fugir e estariam tramando concluir o assalto.

Roubo a Bancos

A quadrilha do Ceará e uma quadrilha interestadual especializada em fazer assaltos a bancos em cidades do interior, atuando de preferência em Rondônia e municípios do sul do Amazonas devido à facilidade de fuga pela BR-319. A ação é muito bem planejada, de forma que não seja deixada nenhuma pista.

Segundo as investigações, em Apuí é Lábrea os ladrões levaram mais de um mês planejando a ação. “Eles sabiam que a polícia local não possuía armas pesadas e o tempo que uma tropa levaria de Manaus, para Apuí e planejaram a rota de fuga. Na época o delegado do grupo Fera, Fábio Silva disse que” Os assaltantes chegaram a ficar na cidade por alguns dias”.

*Jornal de Humaitá – 08/06/2015

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Destaque
Comments are closed.

Leia mais

Interdição federal e Segurança Pública do Amazonas na mira da ALEAM

Crítica à intervenção federal no Rio de Janeiro, assim como a falta de segurança pública e…