Nesta última quinta-feira (02) o pastor Zenón, ex-morador da Comunidade de Santo Antônio do Matupi em Manicoré-AM (Km 180), foi baleado com um tiro na região do tórax, no porto da balsa em Humaitá/AM pelo marido da ex-mulher.

De acordo com a PM, A equipe da Força Tática formada pelo cabo PM De Macedo e os soldados PM Adamor Garcia, Evanildo Almeida, Anderson Gomes, por volta das 12h40, após receberam a ocorrência repassada pelo 190, foram em direção ao porto da balsa na BR 230, chegando lá visualizaram a vítima com um tiros de arma de fogo, na qual a ambulância estava levando-o para o hospital do município de Humaitá, distante a 590 km de Manaus.

Segundo informações de populares, a tentativa de homicídio partiu de Rosinaldo Dias Almeida, marido da ex-mulher da vítima, Maria Aparecida Neves da Silva, que estavam no veículo Gol, cor cinza e placa JXT 7205 quando deflagraram cinco tiros contra a vítima, usando um revólver calibre.38 e a numeração raspada. O casal foi detido quando tentava atravessar o rio na BR 230 embarcando na balsa. A arma de fogo foi localizada no Km 110, onde os infratores haviam escondido.

O pastor passou por uma cirurgia de emergência e passa bem.

Familiares informaram que o pastor estava morando em Porto Velho-RO, por motivos de ameaça e desavenças com a ex-mulher. E que minutos antes do atentado a sua vida, Rosinaldo foi à delegacia informar ao delegado que iriam matar o Pastor, alegando legitima defesa.

Os infratores foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil do município, onde foram autuados pelo crime de tentativa de homicídio qualificado, posse de veículo roubado e porte ilegal de arma de fogo.

4º-BPM
Foto: Divulgação

Fonte: Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Destaque
Comentários estão fechados.

Verifique também

MPT encontra indícios de demissão discriminatória por idade na Estácio de Sá

Levantamento feito em uma lista de 77,8% dos professores dispensados mostra que eles têm m…