O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), por meio da Gerência de Fiscalização, apreendeu 1.300 quilos de Tucunaré, 14 materiais de pesca, duas embarcações e seis canoas na operação “Pesca Comercial”, realizada em Barcelos (município a 400 quilômetros de Manaus), entre os dias 18 e 23 de janeiro. A operação atende a denúncias de pesca comercial ilegal na bacia do Rio Negro.

Durante a operação foram abordadas 25 embarcações comerciais, conhecidas como “geleiros”, e diversos barcos turísticos de pesca esportiva. Além das apreensões de pescado, embarcações e petrechos, o Ipaam aplicou três multas que totalizaram R$ 99 mil.

De acordo com o Ipaam, a região onde a operação foi realizada está amparada pelo Decreto 31.151/2011, que disciplina pesca nos trechos de divisa do Amazonas com a Colômbia, onde a pesca só é permitida com a apresentação do registro de embarcação expedido pela Marinha e pelo órgão competente. Também é exigida a declaração emitida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Já os barcos de turismo tem que apresentar licença expedida pelo Ipaam para ter acesso a essa região da bacia do Rio Negro.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas

Deixe uma resposta

Verifique também

Cabo Maciel destaca chegada de Jair Bolsonaro para compromissos em Manaus e Manacapuru

A chegada do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), pré-candidato à Presidência da Repúbli…