Em Comunicado de Liderança feito durante a Sessão Plenária na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado Cabo Maciel (PR) falou sobre o atraso nas promoções dos servidores da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM-AM) e do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM) e sobre a falta de fardamento para os policiais militares (PM).

O deputado declarou que as promoções deveriam ter ocorrido nos meses de abril, agosto e dezembro de 2015, porém, ainda não foram autorizadas. Segundo Maciel, alguns servidores, mesmo aptos, não estão recebendo a promoção de patente porque os comandos das instituições estão exigindo que os mesmos tenham o curso de aperfeiçoamento. Porém, segundo o deputado, esse curso não foi oferecido pela PM e CBM. “Se a instituição não fez o curso, a culpa não é do servidor”, declarou Cabo Maciel, afirmando que as promoções não podem ser vetadas, pois isso prejudica o militar.

Sobre o fardamento dos PMs, o deputado declarou que há cerca de cinco anos os servidores não recebem fardamentos novos e que, em alguns municípios do interior do Estado já existem policiais trabalhando com fardamentos rasgados ou até mesmo sem o fardamento. Cabo Maciel destacou que desde a legislatura passada esse é um tema exposto por ele, que entende a necessidade de ser estabelecido pelo Governo do Estado o auxílio-fardamento ao policial e bombeiro militar.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá

Leia mais

Saiba como prevenir seus eletroeletrônicos dos danos causados pelas fortes chuvas

São Paulo, novembro de 2017 – Basta o Verão se aproximar para voltar a preocupação c…