Revoltados com o caso, população pede justiça nas redes sociais

Um homem conhecido como ‘Alemão’ acusado de matar estrangulada a ex-mulher, supostamente com socos na cabeça  e posteriormente usando as mãos para enforca-la, na Rua Antero Riça, bairro São Pedro. Se apresentou com um advogado ontem (10) na delegacia de Humaitá, sul do Amazonas. População se revolta na redes  sociais.

Logo após se apresentar na 8º Delegacia Interativa de Humaitá (D.I.H) o ex-marido foi liberado e reponderá em liberdade.  O que revoltou muita gente nas redes sociais.

De acordo com parentes da vítima, Alemão era extremamente violento e já tinha vários boletins de ocorrência de agressão física contra a ex-mulher.

Até o momento a Polícia Civil não se pronunciou sobre o caso.

Entenda

A manicure Mariluce N. dos Santos, 28 anos, foi encontrada morta em casa, na Rua Antero Riça, em Humaitá, sul do Amazonas a 675 quilômetros de Manaus. Segundo populares , o corpo foi encontrado pela filha de 10 anos. O ex-companheiro da vítima é apontado como principal suspeito. Levantamentos preliminares apontaram para a possibilidade de ela ter sido morta por estrangulamento. O crime ocorreu na tarde do dia (06).

Segundo populares por volta das 15: horas foi avistado um homem de aproximadamente 1,65 de cor branca, saindo em rumo ignorado da casa de Mariluce, na fuga usou uma moto vermelha carregando uma bolsa. Quando a filha de dez anos chegou da escola por volta das 17h30min encontrou a mãe morta no chão e gritou por ajuda dos vizinhos, em sequência acionaram a Polícia Militar.

MariDe acordo com a polícia, o principal suspeito seria o ex-companheiro conhecido como Alemão, devido às características repassada. A polícia informou ainda que a várias linhas de investigação, umas delas e a possibilidade de que a vítima tenha sido estrangulada, já que foi encontrado marcas no pescoço dela. A jovem também tinha outros sinais de agressão no pulso e no rosto, inclusive um corte na cabeça.

A autoria e motivação do crime ainda não foram descobertas. A 8º Delegacia Interativa de Humaitá (D.I.H) ficou responsável pelo caso, mas ainda não deu detalhes. O corpo da jovem foi encaminhado para o necrotério municipal. Não há informações sobre o sepultamento.

Estrangulamento é o ato que consiste em pressionar o pescoço interrompendo o fluxo de oxigênio para o cérebro, podendo levar a pessoa que sofre a ação à inconsciência ou mesmo à morte. Em medicina forense chama-se de estrangulamento aquele causado por laços de diversos tipos de materiais que proporcionam lesões distintas.

Caso sejam usadas as mãos para provocar a constrição no pescoço da vítima, a medicina forense chama este ato de esganadura.

marilucia
Mariluce era moradora da vila Açuanopolis,  município de Canutama na Br-319 (Foto: Arquivo pessoal)

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Load More Related Articles
Load More In Destaque
Comments are closed.

Check Also

Filho ilustre de Humaitá é preso na 2º fase da operação Maus Caminhos

Manaus.  Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a segunda fase da Operação Maus…