Idosos que têm alguma dificuldade de locomoção poderão receber seus medicamentos em casa. Isso porque a Câmara Municipal de Manaus aprovou nesta terça-feira (19) um Projeto de Lei, de autoria do vereador Gilmar Nascimento (PSD), que prevê a distribuição domiciliar dos materiais nestes casos. Para se tornar lei, o projeto precisa apenas ser sancionado pelo prefeito.

De acordo com o parlamentar, o PL atende apenas alguns casos e que não vai gerar nenhum custo para a Prefeitura de Manaus. Para receber o medicamento ou o material para procedimento médico, o idoso deve estar cadastrado no Sistema Único de Saúde – SUS, o que deve ser feito pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Gilmar ainda enfatizou que uma medida simples como essa pode salvar muitas vidas, isso porque muitos idosos dependem de terceiros para adquirir seus medicamentos e que, com o passar do tempo, acabam sendo esquecidos, sofrendo graves consequências por conta disto.

Por: Tiago Ferreira – Dircom/CMM

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Jornal de Humaitá
Comments are closed.

Leia mais

Interdição federal e Segurança Pública do Amazonas na mira da ALEAM

Crítica à intervenção federal no Rio de Janeiro, assim como a falta de segurança pública e…