Os políticos enfrentam uma crise moral e ética que tem levado o Brasil à amargar uma crise econômica sem precedentes, e o pior, sem querer abandonar os velhos hábitos. A população clama por lisura, celeridade, transparência, e acima de tudo, honestidade.

O cidadão não suporta ter que pagar para ser vilipendiado por práticas nada republicana, que teima em permanecer nos corredores do poder, repetidas pelos pretensos candidatos a um cargo eletivo.

Neste ano de 2016, teremos eleições para Prefeito e Vereador, e na cidade de Humaitá/AM, a corrida para se lançar candidato já começou. O dia da Páscoa, Ressureição de Cristo, levou inúmeros pretensos candidatos se vestir de coelhinhos e bons samaritanos para distribuir benesses pelas ruas da cidade em forma de “mimos” para os eleitores. Essa é a afirmação que temos da falta de compromisso com um planejamento econômico e social para a cidade de Humaitá/AM.

O cenário desenhado e vivido pela nação requer que fiquemos atentos às investidas dos “gatos-de-botas”, que andam dando uma de coelhinho da Páscoa, distribuindo doces e fazendo uso de velhas artimanhas que nada acrescentam ao cidadão, e sequer para a construção de uma cidade mais igualitária, com geração de oportunidades, emprego e renda.

Sabemos que o poder desperta interesses das mais diferentes classes sociais, e pode aprisionar o eleitor em um “moinho” social, de onde sai migalhas e mesquinharias para locupletar o voto do cidadão, deixando-o a mercê da vontade escusa por trás de ovos de páscoa, em nome da democracia.

Enquanto isso, o tempo passa e os serviços básicos e essenciais, tais como, saneamento básico, limpeza de igarapés, pavimentação das ruas (asfalto), etc., fica para o próximo século, é muita falta de bom senso e de compromisso com a cidade de Humaitá/AM.

O voto é a sua maior arma contra os falsos profetas e falsos “coelhinhos” da Páscoa!

Enviado a redação – Autor desconhecido.

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Jornal de Humaitá
Comentários estão fechados.

Verifique também

Movimento Transparência Partidária entregam petição para Gilmar Mendes

O Movimento Transparência Partidária em parceria com outras 18 organizações entregou esta …