Amazonas

Ipem-AM realiza fiscalização em pontos de fabricação e venda de tijolos em Manacapuru

Ipem-AM realiza fiscalização em pontos de fabricação e venda de tijolos em Manacapuru

Foto: Diuvlgação

Foto: Divulgação

Equipes de fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (IPEM-AM) estiveram em Manacapuru, a 99,8 quilômetros de Manaus, nesta quarta-feira, dia 11, para fiscalizar lojas de matérias de construção e locais de fabricação de tijolos produzidos e comercializados na região metropolitana.

A fiscalização percorreu sete lojas de materiais de construção e uma olaria, todas localizadas em Manacapuru. Foram fiscalizados em torno de 8 milheiros de tijolos e nenhuma irregularidades foi encontrada durante a operação. Segundo o diretor-presidente do Ipem-AM, engenheiro Márcio André Brito, a fiscalização faz parte da operação especial “Construção Civil”, iniciada em marco deste ano, tendo como alvo principal os tijolos. “A fiscalização está sendo intensificada, porém temos recebido na ouvidoria do instituto várias denúncias de consumidores reclamando da entrega menor do produto, e estamos verificando cada uma delas”, afirmou.

Márcio André Brito informou que, das oito empresas fiscalizadas, seis delas foram alvos de denúncia, e nenhuma irregularidade foi encontrada nesta operação. Esse resultado, acredita o diretor-presidente do Ipem, é face ao trabalho que o instituto vem realizando com objetivo de inibir a fabricação, o transporte e comercialização de tijolos clandestinos no estado.

Para o senhor Áureo Paraiano, proprietário de uma olaria localizada no bairro da Correnteza, em Manacapuru, a fiscalização do Ipem-AM é favorável porque só assim irá coibir as pessoas que procuram burlar o sistema, e as pessoas que optam em não trabalhar de forma correta.

A fiscalização visa atender o cumprimento da portaria nº 558 de 19 de novembro de 2013, do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que determina fiscalizar os tijolos cerâmicos perfurados e as dimensões especificadas bem como as informações obrigatórias, de forma visível, como CNPJ da empresa e contato do Telefone do Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC.

O consumidor deve ficar atento ao comprar tijolos para não ser enganado e ter problemas futuros, além de gastar mais com a sua obra, pois as dimensões para o Amazonas é de 9x19x19 centímetros de largura, altura e comprimento.

Multas – Caso seja encontrada alguma irregularidade, os produtos serão apreendidos, as empresas autuadas e os responsáveis terão um prazo de dez dias para apresentar defesa escrita junto ao Ipem-AM. As multas variam de R$1.800 a R$ 1,5 milhão.

Operação “Construção Civil” já autuou ilegais

Um total de 24.500 tijolos foi apreendido durante a abordagem feita em veículos caminhões que transportavam tijolos, na Rodovia Manuel Urbano (AM-070), próximo da Ponte Rio Negro, no trecho que liga a capital ao município de Iranduba. Os fiscais do Ipem-AM também visitaram 37 olarias, destas 19 foram notificadas por não atender a legislação. Das 16 lojas de materiais de construção fiscalizadas na capital e interior do estado, três delas também foram notificadas por estar comercializando produtos fora dos padrões.

Denuncie – Os consumidores que se sentirem lesados podem entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-AM, pelo telefone 08000 092 2020 ou e-mail: ouvidoriaipem@ipem.am.gov.br

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Comentários

Comentários

Amazonas

More in Amazonas

Comandante do 4°BPM em Humaitá faz homenagens aos Policiais Militares da Reserva

Jornal de Humaitá20 de outubro de 2017

​Editora Leya Realiza evento em Manaus para debater Universos Literários

Jornal de Humaitá17 de outubro de 2017

Nova Aripuanã: Vereador é feito refém com a família e filho é ferido durante crime

Jornal de Humaitá14 de outubro de 2017

População obriga Piratas comerem lama após roubo

Jornal de Humaitá3 de outubro de 2017

Governador prestigia Festival Folclórico de Nova Olinda do Norte e visita obras no município

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Vereador denuncia atraso no pagamento do Tratamento Fora do Domicílio

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Comissão da Aleam aponta ‘vilões’ do entrave turístico de Manicoré 

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Dermilson Chagas discute demanda para o município de Borba

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017

Governador entrega trecho de 15 quilômetros da Rodovia Manoel Urbano e libera passagem de nível na Avenida das Torres

Jornal de Humaitá2 de outubro de 2017