Em pronunciamento no plenário da Câmara nesta terça-feira (10), o deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) lamentou o cenário de caos que se instalou no Brasil e atribuiu ao governo do PT o acirramento dos ânimos, com a consequente divisão do País.

“O Brasil está vivendo um momento de extrema dificuldade de convivência, em razão do cenário de caos estabelecido hoje Brasil afora. É um ato de desespero daqueles que ocupam o poder e que querem, ao espalhar o caos, demonstrar ao povo brasileiro que sem eles não há paz, não há governo, não há tranquilidade”, apontou o deputado.

Para o parlamentar, o descontentamento da sociedade com a classe política é resultado dos 13 anos de des-governo do PT, que, ano após ano, assaltou os cofres públicos e vilipendiou o patrimônio do País.

“Não por acaso, nós temos hoje um problema grave de corrupção estrutural e sistêmica que compromete a credibilidade dos brasileiros na política. A situação é tão grave que as pessoas não falam: esse é um problema do PT, do partido b, c, d. Não, elas falam que é um problema do político. Ser político está se transformando em sinônimo de erro, de equívoco, de crime”, rechaçou.

Na avaliação do parlamentar, é preciso virar a página e o próximo presidente terá como desafio uma interlocução com o Parlamento para construir uma agenda positiva para o País.

“Está para começar um novo governo. Um Governo que é parte do mesmo, mas que se espera seja um novo tempo. A Michel Temer cabe uma interlocução com todas as forças políticas, criar um ambiente de diálogo para restabelecer a ordem dos trabalhos nesta Casa e permitir, com uma mudança urgente, que esta Casa tenha condições de tocar a agenda que o País precisa”, concluiu.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Brasil
Comments are closed.

Check Also

CFP vai recorrer da sentença sobre Resolução 01/99

Para o Sistema Conselhos de Psicologia, decisão continua a produzir equívocos Decisão equi…