Três estrangeiros sem documentos de entrada no Brasil foram detidos pela PRF em Porto Velho/RO

Neste último sábado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve três estrangeiros oriundos de Ghanaian-África, desprovidos de documentos probatórios de entrada regular no Brasil. O flagrante aconteceu nas proximidades do quilômetro 698 da BR 364, em Porto Velho/RO.

Por volta das 11h50min, os agentes da PRF abordaram o ônibus que fazia linha de Rio Branco/AC a Cuiabá/MT. Realizado procedimentos de fiscalização, os policiais constataram que três passageiros, de 38 anos, outro de 42 anos e terceiro de 35 anos eram estrangeiros, oriundos da África Ocidental e não portavam documentos comprobatórios de sua entrada regular no Brasil.

Diante dos fatos, os passageiros foram encaminhados para a Polícia Federal de Porto Velho/RO.

Foragido da justiça é capturado pela PRF em Pimenta Bueno/RO

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpriu nesta última sexta-feira (13), um mandado de prisão. A ação aconteceu durante a fiscalização de rotina realizada no quilômetro 196 da BR 364, em Pimenta Bueno/RO.

Às 18 horas, a equipe da PRF abordou o ônibus com itinerário de Rio Branco/AC a Cascavel/PR. Consultado os passageiros no sistema de segurança, os policiais encontraram um mandado de prisão em aberto, em desfavor do viajante de 26 anos, expedido pela 1° Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul, acusado de roubo.

Diante dos fatos, o jovem foi encaminhado a Casa de Detenção de Pimenta Bueno/RO.

PRF flagra motorista embriagado em Vilhena/RO

Neste último domingo (15), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve motorista com visíveis sinais de embriaguez. O flagrante aconteceu no quilômetro 17 da BR 174, sentido decrescente em Vilhena/RO.
Na ocasião, a equipe da PRF abordou o veículo FORD/FIESTA 1.6, cor vermelha, ano 2010, conduzido por um homem de 55 anos de idade. Durante a fiscalização, os policiais notaram que o motorista apresentava sintomas de embriaguez como, odor de álcool no hálito, olhos vermelhos, sonolência e desordem nas suas vestes. Após ser solicitado a realizar o teste de etilômetro, popularmente conhecido como “bafômetro” pelos agentes da PRF, o condutor recusou.

Diante dos fatos, a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Vilhena/RO.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Ariquemes
Comentários estão fechados.

Verifique também

MPT encontra indícios de demissão discriminatória por idade na Estácio de Sá

Levantamento feito em uma lista de 77,8% dos professores dispensados mostra que eles têm m…