Lançamento da Olimpíada ocorreu em evento que marcou o Dia Nacional da Matemática (1)Com a proposta de mobilizar mais de 100 mil estudantes da rede pública do Amazonas, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) lançou nesta sexta-feira, dia 6, a 1ª Olimpíada Amazonense de Matemática. A iniciativa marcou as atividades pedagógicas do Dia Nacional da Matemática, comemorado também nesta sexta-feira.

A Olimpíada, primeira do gênero organizada no Amazonas, tem a proposta de contribuir com o ensino, motivar os estudantes da rede pública para o aprendizado em ciências exatas e trazer maior dinamicidade à sala de aula.

De acordo com o gerente de ensino fundamental (Anos Iniciais) da Seduc e coordenador da Olimpíada, professor Eriberto Façanha a competição educativa já está com inscrições abertas e será disponibilizada para participação de alunos do ensino fundamental, do ensino médio e também para os matriculados na Educação de Jovens e Adultos.

“Esta é uma ação inédita no Amazonas e que foi pensada, pela Seduc, juntamente com os seus especialistas da área como uma estratégia pedagógica para reforçar o ensino, e potencializar a aprendizagem de matemática. Igualmente, será um fator motivador para ampliar a participação de nossas crianças e jovens em competições educativas nacionais, tais como a já tradicional Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP)”, informou o professor.

Para o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, são objetivos primordiais da competição educativa: estimular e promover o estudo da Matemática entre alunos da rede estadual de educação; colaborar com a melhoria do ensino de Matemática na Educação Básica; despertar nos alunos do ensino básico a curiosidade e interesse na resolução de problemas matemáticos; promover a inclusão social através da difusão do conhecimento e identificar jovens talentos com habilidade matemática.

Como participar – A 1ª Olimpíada Amazonense de Matemática, já está com suas inscrições abertas e podem ser realizadas até o dia 20 de maio no portal da Seduc na Internet: www.educacao.am.gov.br. No mesmo endereço eletrônico, em um link específico criado para a Olimpíada, o aluno interessado e seu professor podem ter acesso ao regulamento e informações sobre a competição educativa.

Etapas – Conforme regulamento proposto, a Olimpíada será dividida por níveis, de acordo com a série na qual o aluno está matriculado e será organizada em quatro fases, ou etapas, distintas.

A primeira fase corresponderá a uma avaliação objetiva (com questões de múltipla escolha) que será aplicada nas próprias escolas no dia 31 de maio.

A segunda fase, com a participação somente dos estudantes aprovados na primeira avaliação será, também, organizada a partir de uma prova objetiva, agendada para o dia 19 de julho.

A terceira e última etapa, com a participação dos alunos aprovados na segunda etapa, será organizada com avaliação discursiva, programada para ocorrer no dia 20 de agosto.

O resultado final da Olimpíada, com o anúncio dos melhores colocados em cada nível será anunciado pela Seduc no dia 20 de setembro. A cerimônia de premiação, com a entrega de medalhas, troféus e certificados de participação ocorrerá no dia 30 de setembro.

Destaque nacional – Os estudantes da rede pública estadual, de acordo com o Departamento de Programas e Políticas Educacionais da Seduc, têm alcançado destaque em competições já realizadas em âmbito nacional, tais como a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) registrando a conquista de 77 medalhas em sua última edição, realizada em 2015.

O lançamento da Olimpíada e a divulgação de seu regulamento ocorreram no auditório da escola estadual de Tempo Integral Senador Petrônio Portela, localizada na Avenida Bartolomeu Bueno, s/nº, conjunto e bairro Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus. O evento fez parte de um encontro entre professores organizado pela Seduc e que marcou o Dia Nacional da Matemática.

*Jornal de Humaitá – Com informações da assessoria.

faça um comentários
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Amazonas
Comments are closed.

Leia mais

Criação de RDS do Rio Manicoré depende apenas de decisão do governo

“A criação da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Manicoré depende agora m…