sejus itacoatiraO Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), reinaugurou na tarde desta quarta-feira, 22 de junho, no município de Itacoatiara, distante 267 quilômetros de Manaus, o Posto Avançado de Atendimento Humanizado ao Migrante.

O posto vai funcionar a partir da próxima quarta-feira, 29 de junho, em parceria com a Prefeitura de Itacoatiara e Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Humana, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h no terminal rodoviário da cidade.

Além do atendimento ao migrante que chega a Itacoatiara, o local poderá receber denúncia sobre tráfico de pessoas e encaminhamentos necessários às vítimas desse tipo de crime. “Esse posto, a exemplo do de Manacapuru, reinaugurado na semana passada, estava sem funcionar. E hoje entregamos uma sala equipada para receber às pessoas, seja com atendimento específico ou para informar sobre os direitos dos migrantes e tráfico humano”, explica a titular da Sejusc, Graça Prola.

Pela manhã, os técnicos que vão atuar no posto, conselheiros de direitos humanos de Itacoatiara e convidados participaram de várias palestras e debates sobre os temas pertinentes ao posto. “Serão dois dias de capacitação, tanto para qualificar o atendimento no posto, quanto para informar aos participantes sobre direitos humanos, tráfico de pessoas, direitos das mulheres e direitos legais dos migrantes”, informa o coordenador do Centro Estadual de Referência em Direitos Humanos, Cristiano Chíxaro.

Carregar mais artigos relacionado
Carregar mais em Amazonas
Comentários estão fechados.

Verifique também

MPT encontra indícios de demissão discriminatória por idade na Estácio de Sá

Levantamento feito em uma lista de 77,8% dos professores dispensados mostra que eles têm m…